Panorama brasileiro de produções acadêmicas acerca da agroecologia e segurança alimentar

Autores

  • Luma Mirely de Souza Brandão Universidade do Estado da Bahia
  • Maria Herbênia Lima Cruz Santos Universidade do Estado da Bahia
  • Emanuel Ernesto Fernandes Santos
  • Artur Gomes Dias Lima

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i1.510

Palavras-chave:

Agricultura sustentável, alimentos saudáveis, alimentos seguros

Resumo

A sociedade tem enfrentado uma crise alimentar preocupante, em que a população está sofrendo com a insegurança alimentar, necessitando, assim, de sistemas de produções alternativos. Frente a isso, a agroecologia tem mostrado grande potencial, permitindo sistemas alimentares mais sustentáveis, justos e inclusivos, colaborando, assim, para melhorar a segurança alimentar. Diante disso, o presente artigo tem como objetivo analisar as produções acadêmicas nacionais publicadas nas formas de dissertações de mestrado e teses de doutorado que abordem a relação entre agroecologia e segurança alimentar. Para tanto, foi realizado um levantamento de dissertações e teses brasileiras que abordassem a relação entre a agroecologia e a segurança alimentar, na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), no mês de julho de 2022. De maneira geral, constatou-se que a quantidade de dissertações e teses brasileiras aumentou ao longo dos anos, demonstrando avanço no interesse por pesquisas científicas que abordassem a agroecologia e a segurança alimentar. Os resultados obtidos nessa pesquisa demonstraram que existe relação entre a agroecologia e a segurança alimentar, já que a agroecologia possibilita alimentos mais seguros, saudáveis e sustentáveis. Ficaram evidentes as contribuições positivas da agroecologia para melhorar a segurança alimentar, ressaltando a agroecologia como uma alternativa viável para o atual modelo de produção.

Referências

BDTD. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Disponível em: http://www.bdtd.ibict.br/vufind/. Acesso em: 01 de jul. 2022.

BRASIL. Lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006. 2006. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11346.htm>. Acesso em: 20 jul. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Capes divulga mapa da pós-graduação no país. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal/180-estudantes-108009469/pos-graduacao-500454045/2582-sp-1752673202>. Acesso em: 3 jul. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Número de pós-graduandos cresce no Brasil. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-de-educacao/180-estudantes-108009469/pos-graduacao-500454045/2583-sp-2021081601>. Acesso em: 3 jul. 2022a.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria nº 55, de 29 de Abril de 2020. 2020. Disponível em: <http://cad.capes.gov.br/ato-administrativo-detalhar?idAtoAdmElastic=3762>. Acesso em: 28 ago. 2022.

EHLERS, E. A. O que se entende por agricultura sustentável? 161f. Dissertação (Mestrado em Ciência Ambiental) - Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994.

FAO. Food and Agriculture Organization of the United Nations. Rome Declaration on World Food Security. 1996. Disponível em: <https://www.fao.org/3/w3613e/w3613e00.htm>. Acesso em: 20 jul. 2022.

FAO. Food and Agriculture Organization of the United Nations. The 10 elements of agroecology. 2018. Disponível em: <https://www.fao.org/3/i9037en/i9037en.pdf>. Acesso em: 16 jul. 2022.

FAO. Food and Agriculture Organization of the United Nations. The State of Food Security and Nutrition in the World. 2022. Disponível em: <https://www.fao.org/publications/sofi/2022/en> Acesso em: 21 jul. 2022.

FERNANDES, C. V. R.; MORALES, A. G; LOURENZANI, A. B. S. Narrativas de agricultores familiares: dificuldades e motivações no sistema agroecológico. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 16, n. 4, p. 306-319, 2021.

FILIPPI, A. C. G.; GUARNIERI, P. Agronegócio brasileiro e o mundo rural: revisão sistemática de literatura. Revista Agropampa, v. 3, n. 3, p. 4-20, 2020.

GOUZY, C. A. Segurança Alimentar, Conhecimento Ecológico Tradicional e Agroecologia como bases para o estudo dos sistemas alimentares nas cidades fronteiriças de Anse-à-Pitre no Haiti e Pedernales na República Dominicana. 218f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável) - Universidade Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

GUARESCHI, C. Q. Reflexividades jurídico-sociais do direito à segurança alimentar: do agrotóxico à agroecologia. 105f. Dissertação (Mestre em Direito) - Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, 2020.

JONES, S.K; BERGAMINI, N.; BEGGI, F.; LESUEUR, D.; VINCETI, B.; BAILEY, A.; DECLERCK, F. A.; ESTRADA-CARMONA, N.; FADDA, C.; HAINZELIN, E. M.; HUNTER, D.; KETTLE, C.; KIHARA, J.; JIKA, A. K. N.; PULLEMAN, M.; REMANS, R.; TERMOTE, C.; FREMOUT, T.; THOMAS, E.; VERCHOT, L.; QUINTERO, M. Research strategies to catalyze agroecological transitions in low- and middle-income countries. Sustainability Science, v. 17, p. 2557–2577, 2022.

MILETTO, M. F.; ROBAINA, J. V. L. Segurança alimentar e agroecologia: percepções de estudantes e professores da área de ciências da natureza em um contexto de escola de campo. Research, Society and Development, v. 11, n. 7, p. 1-13, 2022.

OLIVEIRA JÚNIOR, C. J. F.; SANTOS, J. L.; MAXIMO, H. C. A agroecologia e os serviços ambientais. Nature and Conservation, v. 7, n. 1, p. 19-32, 2014.

PADILHA, A. F. Análise bibliométrica da produção científica sobre plantas alimentícias não convencionais – PANC. 56f. Dissertação (Mestre em Agronomia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2021.

PETRI, M.; FONSECA, A. B. Entre a educação ambiental e a agroecologia: um olhar sobre escolas famílias agrícolas (EFAs). Ambiente & Educação, v. 25, n. 2, p. 1-24, 2020.

QUINTEIRO, M. M. C.; BALDINE, K. B. L. Agroecologia e as práticas tradicionais: reconhecendo os saberes ancestrais. In. Santos, M. G.; Quinteiro, M. M. C (Org.). Saberes tradicionais e locais: reflexões etnobiológicas. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2018, p. 29-49.

SANTOS, C. F.; SIQUEIRA, E. S.; ARAÚJO, I. T.; MAIA, Z. M. G. A agroecologia como perspectiva de sustentabilidade na agricultura familiar. Revista Ambiente & Sociedade, v. 17, n. 2, p. 33-52, 2014.

SANTOS, T. T. B. Mercado institucional, segurança alimentar e nutricional e agricultura familiar: um estudo de caso do município de Almirante Tamandaré. 194f. Dissertação (Mestre em Planejamento e Governança Pública) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2021.

SCHUTTER, O. Report submitted by the Special Rapporteur on the right to food. 2010. Disponível em: http://www.srfood.org/images/stories/pdf/officialreports/20110308_a-hrc-16-49_agroecologyen.pdf. Acesso em: 15 jul. 2022.

VAZ, R. M. G. F. C. Transição agroecológica em uma abordagem sociocultural: ressignificação de práticas agrícolas, localidades e modos de vida. 214f. Tese (Doutor em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2021.

WEZEL, A.; HERREN, B. G.; KERR, R. B.; BARRIOS, E.; GONÇALVES, A. L. R.; SINCLAIR, F. Agroecological principles and elements and their implications for transitioning to sustainable food systems. A review. Agronomy for Sustainable Development, v. 40, p. 3-13, 2020.

ZANINI, E. O. Estratégia de enfrentamento da pandemia Covid-19, utilizando ferramentas digitais – uma pesquisa-ação, realizada na feira do teatro de Cascavel – PR. 145f. Tese (Doutor em Desenvolvimento Rural Sustentável) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2022.

Downloads

Publicado

2024-03-01

Como Citar

BRANDÃO, L. M. de S.; SANTOS, M. H. L. C.; SANTOS, E. E. F.; LIMA, A. G. D. Panorama brasileiro de produções acadêmicas acerca da agroecologia e segurança alimentar . Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 65–81, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i1.510. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/510. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos