Fenologia e níveis de prolina em cacaueiros consorciados com mangueiras no Vale do Submédio São Francisco

Autores

  • Marcelo de Campos Pereira IFSertãoPE
  • Laise de Sousa Santos UNEB
  • Elica Santos Rios UNEB
  • Essione Ribeiro de Sousa UNEB
  • Valtemir Gonçalves Ribeiro UNEB

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v4i1.162

Palavras-chave:

Theobroma cacao L., Sistemas de produção, aminoácido

Resumo

Em clones de cacaueiros CCN-51, PH-16 e PS-1319, com 14 meses de idade, plantados em consórcio com mangueiras das cultivares Tommy Atkins e Haden de 10 anos de idade, no Vale do Submédio São Francisco – Brasil, foram avaliados no período de agosto de 2009 a julho de 2010 o número de folhas emitidas, altura da planta, diâmetro de caule, teores de prolina nas folhas e percentual de florescimento. Houve diferença estatística significativa para a variável altura dos clones, no período de agosto de 2009 a julho de 2010. O clone CCN-51 apresentou crescimento superior a PH-16 e PS-1319, tendo médias de altura de 70,44 cm, 62,76 cm e 61,55 cm, respectivamente. Os clones analisados não apresentaram diferenças significativas em relação ao diâmetro do colo. No decorrer do período experimental, os clones PS-1319, PH-16 e CCN-51 apresentaram valores médios de número de folhas por planta estatisticamente equivalentes a 22,9, 32,12 e 39,54, respectivamente. O CCN-51 e PH-16 apresentaram maiores níveis de prolina e de incidência floral em comparação ao clone PS-1319.

Referências

ALIA, M. Molecular mechanisms of

quenching of reactive oxygen species by

proline. In: 1st Annual User Meeting of the

Free Radical Research Facility Daresbury, at

Council for the Central Laboratory of the

Research Councils, Daresbury, Cheshire, UK,

ALMEIDA, A.A.F.; VALLE, R.R.

Ecophysiology of the cacao tree. Brazilian

Journal of Plant Physiology, v.19, n.4, p.425-

, 2007.

ALMEIDA, R.L.S.; CHAVES, L.H.G.

Crescimento de mudas de cacau irrigadas por

microaspersores. Revista Engenharia

Ambiental, v.7, n.2, p.284-293, 2010.

ALVIM, P.T. Agricultura nos trópicos

úmidos: potencialidades e limitações. Ilhéus:

Ceplac/Cepec, 1975. 20p.

BENINCASA, M.M. P.; LEITE, I.C.

Fisiologia Vegetal. Jaboticabal: Funep, 2002.

p.

BERGAMASCHI, H. Desenvolvimento de

déficit hídrico em culturas. In: Bergamaschi, H.

Agrometeorologia aplicada à irrigação. 1 ed.

Porto Alegre - RS: UFRGS, 1992.p. 25-32.

BIANCHI, C.A.M.; BERGONCI, J.I.;

BERGAMASCHI, H.; DALMAGO, G.A.;

HECKLER, B.M.M.; COMIRAN, F.

Condutância da folha em milho cultivado em

plantio direto e convencional em diferentes

disponibilidades hídricas. Revista Ciência

Rural, v.37, n.2, p.315-322, 2007.

BRITO, A. M.; SILVA, G.C.V.; ALMEIDA,

C.M.V.C.; MATOS, P.G.G. Sistemas

agroflorestais com o cacaueiro: uma tentativa

de busca do desenvolvimento sustentável do

estado do Amazonas, Brasil. Revista

Agrotrópica, v.14, n.2, p.61-72, 2002.

CHAVES, M.M.; PEREIRA, J.S.; MAROCO,

J.; RODRIGUES, M.L.; RICARDO, C.P.P.;

OSÓRIO, M.L.; CARVALHO, I.; FARIA, T.;

PINHEIRO, C. How plants cope with water

stress in the field? Photosynthesis and

growth. Annals of Botany, v.89, n.7, p.907–

, 2002.

DIAS, L.A.S. SOUZA, C.A.S.; AUGUSTO,

S.G.; SIQUEIRA, P.R.; MULLER, M.W.

Período mínimo de colheita para avaliação de

cultivares de cacau em Linhares-ES. Revista

Árvore, v.27, n.4, p.495-501, 2003.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e

Estatística. Levantamento Sistemático da

Produção Agrícola: pesquisa mensal de

previsão e acompanhamento das safras

agrícolas no ano civil. Rio de Janeiro, v.24,

n.2, p.1-82, 2011.

KUSAKA, M.; OHTA, M.; FUJIMURA, T.

Contribution of inorganic components to

osmotic adjustment and leaf folding for drought

tolerance in pearl millet. Physiologia

Plantarum, v.125, n.4, p.474–489, 2005.

LEITE, J.B.V. Cacaueiro: Propagação por

estacas caulinares e plantio no semi-árido do

estado da Bahia. 2006. 84 f. Tese (Doutorado

em Produção Vegetal) - Faculdade de Ciências

Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual

Paulista, Jaboticabal, 2006.

MACHADO, A.V. Efeitos do estresse hídrico

em plantas jovens de Hedyosmum brasiliense

Mart. (Chloranthaceae). Florianópolis, 2004,

p. Tese de Mestrado. Centro de Ciências

Biológicas, Universidade Federal de Santa

Catarina, 2004.

MAGGIO, A.; MIYAZAKI S.; VERONESE

P.; FUJITA T.; IBEAS, J.I.; DAMSZ, B.;

NARASIMHAN, M.L.; HASEGAWA, P.M.;

JOLY, R.J.; BRESSAN, R.A. Does proline

accumulation play an active role in stress-

induced growth reduction? The Plant Journal,

v.31, n.6, p.699-712, 2002.

MULLER, M.W.; VALLE, R.R. Ecofisiologia

do Cultivo do Cacaueiro. In: Raúl René Valle.

Ciência, tecnologia e Manejo do Cacaueiro.

Itabuna, v.1, p.17-41, 2008.

NAYYAR, N.; WALIA, D.P. Water stress

induced proline accumulation in contrasting

wheat genotypes as affected by calcium and

abscisic acid. Biologia Plantarum, v.46, n.2,

p.275-279, 2003.

NUNEZ-ELISEA, R. Ethylene and other

endogenous factors possibly involved in mango

flowering. Acta Horticulturae, n.275, p.441-

, 1990.

ORLOV, D. Manejo y control del riego en

plantaciones de arboles frutales. Bet-Dagan :

Ministério de Agricultura de Israel, 1985. p.46.

PEREIRA, M.C.; SANTOS, L.S.; RIBEIRO,

V.G.; SOUZA, E.R.; ARAÚJO, E.A.;

PEIXOTO, A.R. Avaliações de porta-enxertos

de cacaueiros da fase de crescimento das mudas

até a enxertia no campo, no Semiárido baiano.

Revista Agrotrópica, v.21.2, p.5-10, 2009.

PINHO, N.L.J; ANSEL D. Evolução de teor de

prolina em cultivares de milheto (Pennisetum

americanum L.) e sorgo (Sorghum bicolor (L.)

Moench) em resposta ao estresse hídrico.

Revista Ciência Agronômica, v.26, n.1-2, p.1-

, 1995.

RAI, V.K. Role of amino acids in plant

resposes to stresses. Biologia Plantarum, v.45,

n.4, p.481-487, 2002.

http://link.springer.com/article/10.1023%2FA%

A1022308229759?LI=true#> 28 Ago. 2012.

RAMANJULU, S.; BARTELS, D. Drought-

and desiccation-induced modulation of gene

expression in plants. Plant, Cell and

Environment, v.25, n.2, p.141-151, 2002.

SCALON, S.P.Q.; MUSSURI, M.R.; RIGONI,

M.V.F. Crescimento de mudas de espécies

florestais nativas sob diferentes níveis de

sombreamento. Revista Árvore, v.26, n.1, p.1-

, 2002.

SILVA, J.R.R. Comportamento ecofisiológico

de plantas jovens de andiroba (Carapa

guianensis aubl.) sob dois regimes hídricos.

Belém: Universidade Federal Rural da

Amazônia, 2009. 41p. Dissertação Mestrado.

SOUZA JÚNIOR, J.O.; CARMELLO, Q.A.C.

Formas de adubação e doses de uréia para

mudas clonais de cacau cultivadas em

substrato. Revista Brasileira de Ciência do

Solo, v.32, n.6, p.2367-2374, 2008.

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-

&script=sci_arttext> 25

Jul. 20012.

TORELLO, W.A.; RICE, L.A. Effects of NaCl

stress on proline and cation accumulation in

salt sensitive and tolerant turfgrasses. Plant

and Soil, v.93, n.2, p.241-247, 1986.

http://link.springer.com/article/10.1007%2FBF

?LI=true#> 25 Mar. 2012.

VALLIYODAN, B.; NGUYEN, H.T.

Understanding regulatory networks and

engineering for enhanced drought tolerance

in plants. Current Opinion in Plant Biology,

v.9, n.2, p.1-7, 2006.

WOOD, G.A.R. Environment. In: Wood,

G.A.R; Lass, R.A. Cocoa. 4. ed. New York:

Longman, p.38-79, 1985.

YAMADA, M.; MORISHITA, H.; URANOS,

K.; SHIOZAKI, N.; YAMAGUCHI-

SHINOZAKI, K.; SHINOZAKI K.;

YOSHIBA, Y. Effects of free proline

accumulation in petunias under drought stress.

Journal of Experimental Botany, v.56, n.417,

p.1975-1981, 2005.

Downloads

Publicado

2016-04-30

Como Citar

PEREIRA , M. de C. .; SANTOS, L. de S. .; RIOS , E. S.; SOUSA, E. R. de .; RIBEIRO, V. G. . Fenologia e níveis de prolina em cacaueiros consorciados com mangueiras no Vale do Submédio São Francisco. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 50–58, 2016. DOI: 10.31416/rsdv.v4i1.162. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/162. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos