Avaliação da uniformidade de aplicação de água em sistemas de irrigação do perímetro irrigado Nilo Coelho em Petrolina-PE

Autores

  • Wagner Willen Cavalcanti Araquam UNIVASF
  • Luís Fernando de Souza Magno Campeche IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v2i3.179

Palavras-chave:

Coeficientes de uniformidade, avaliação da irrigação, eficiência

Resumo

A horticultura do Vale do São Francisco, principalmente a produção de frutas, submetida a irrigação, é a maior fonte de economia da região e mantém-se em posição de destaque no cenário nacional. Porém, variações nas produtividades têm ocorrido por causa de problemas nos sistemas de irrigação. O objetivo desse trabalho foi avaliar a uniformidade de aplicação de água dos sistemas de irrigação pressurizados presentes no Perímetro Irrigado Nilo Coelho, em Petrolina-PE. Foram selecionados alguns lotes, aleatoriamente, e verificada a vazão em alguns dos emissores. Na análise de dados calculou-se o Coeficiente de Uniformidade Christiansen – CUC, o Coeficiente de Uniformidade de Distribuição - CUD e o Coeficiente Estatístico de Uniformidade – CUE, no qual foi feita a classificação do grau de aceitabilidade. Os sistemas de irrigação localizada (microaspersão e gotejamento) apresentaram os melhores resultados, qualificados assim como eficientes na distribuição de água. Os sistemas de aspersão convencional, devido aos baixos valores obtidos para os coeficientes analisados, foram classificados como inaceitáveis, necessitando de manutenção e/ou redimensionamento.

Referências

ASAE. Field Evaluation of Microirrigation Systems. St. Joseph, p.792-797. 1996.

BERNARDO, S. Manual de irrigação. 6. ed. rev. e ampl. Viçosa: UFV, Imprensa Universitária, 1995. 657 p.

BOMAN, B. J. Distribution patterns of microirrigation spinner and spray emitters. Applied Engineering in Agriculture. St. Joseph v.5, n.2, p.50-56. 1989.

BRALTS, V. F.; EDWARD, D.M.; WU, I.P. Drip irrigation design and evaluation based on statistical uniformity concept. In: HILLEL, D. (Ed). Advances in irrigation. Orlando: Academic Press, 1987. v.4, p.67-117.

BRASIL. Ministério da Integração Nacional. CODEVASF. Senador Nilo Coelho. Disponível em: <http://www.codevasf.gov.br/principal/perimetros-irrigados/elenco-deprojetos/senador-nilo-coelho> Acesso em 14 dez. 2010.

CABELLO, F. P. Riegos localizados de alta frecuencia goteo, microaspesion e exudacion. Madrid: Ed. Mundi- Prensa, 1986. 461p.

CARVALHO, C. M. de; ELOI, W. M.; LIMA, S. C. R. V.; PEREIRA, J. M. G. Desempenho de um sistema de irrigação por gotejamento na cultura da goiaba. Revista Irriga. Botucatu, v.11, n. 1, p. 36 – 46, 2006.

CARVALHO, J. F. Manejo de irrigação no cultivo do repolho (Brassica oleracea var. capitata L.) em solo aluvial no Semi-árido. 118f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2009.

CARVALHO, J. F. et al. Avaliação da uniformidade de sistema de irrigação localizada tipo gotejamento em cultivo de feijoeiro. In: X JORNADA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO – JEPEX 2010, Recife. Recife: UFRPE, 2010.

CHRISTIANSEN, J.E. Irrigation by sprinkling. Berkeley: University of California, 1942. 124p.

CHRISTOFIDIS, D. Água na produção de alimentos: o papel da academia e da indústria no alcance do desenvolvimento sustentável. Revista de Ciências exatas. Taubaté, v. 12, n. 1, p. 37-46, 2006.

COELHO, F. E.; COELHO FILHO, M. A.; OLIVEIRA, S. L. de. Agricultura irrigada: eficiência de irrigação e de uso de água. Revista Bahia Agrícola. Cruz das almas, v.7, n.1, set. 2005.

CORDEIRO, E. A. Diagnóstico e manejo da irrigação na cultura do mamoeiro na região norte do Estado do Espírito Santo. 2006. 100 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, 2006.

CRIDDLE, W.D.; DAVIS, S.; PAIR, C.H.; SHOCKLEY, D.G. Methods for evaluating irrigation systems. Washington, DC: Soil Conservation Service - USDA, 1956. 24p. (Agricultural Handbook, 82).

Distrito de Irrigação Nilo Coelho. O perímetro Nilo Coelho. [Petrolina, 2010]. Disponível em: <http://www.dinc.org.br/index.phpsessao=perimetro> Acesso em: 14 dez. 2010.

FAVETTA, G. M.; BOTREL, T. A. Uniformidade de sistemas de irrigação localizada: validação de equações. Scientia Agricola. Piracicaba, v. 58, n.2, p.427-430, abr./jun. 2001.

FRIZZONE, J. A. Irrigação por aspersão: uniformidade e eficiência. Piracicaba: ESALQ, 1992. 53 p. (Séria Didática).

GOMES, H. P. Engenharia de irrigação: Hidráulica dos sistemas pressurizados, aspersão e gotejamento. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 1994. 344p.

HEERMANN, D.F.; DUKE, H.R.; SERAFIM, A.M.; DAWSON, L.L. Distribution functions to represent centerpivot water distribution. Transactions of the ASAE, St. Joseph, v.35, n.5, p.1465-1472, 1992.

KELLER, J.; BLIESNER, R.D. Sprinkle and trickle irrigation. New York: van Nostrand Reinhold, 1990. 652p.

KELLER, J.; KARMELI, D. Trickle irrigation design parameters. Transaction of the ASAE. St. Joseph, v.17, n.4, p.678-684, July/Aug., 1974.

LÓPEZ, J. R., ABREU, J. M. H.; REGALADO, A. P.; HERNÁNDEZ, J. F. G. Riego Localizado. Madrid, Espana: Mundi – Prensa, 1992. 405p.

MANTOVANI, E. C. AVALIA: Programa de Avaliação da Irrigação por Aspersão e Localizada. Viçosa, MG: UFV, 2001.

MANTOVANI, E.C.; VILLALOBOS, F.J.; ORGAZ, F.; FERERES, E. Modelling the effects of sprinkler irrigation uniformity on crop yield. Agricultural Water Management, Amsterdam, v.27, n.3/4, p.243-257, 1995.

MARTINS, C. A. da S. Avaliação do desempenho de sistemas de irrigação em áreas cultivadas no Sul do Estado do Espírito Santo. 2009. 107 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal). Centro de Ciências Agrárias, UFES, Espírito Santo, 2009.

MATOS, J. A.; DANTAS NETO, J.; AZEVEDO, H.M.; AZEVEDO, C.A.V. Características hidráulicas do microaspersor Dan Sprinkler 2001. Irriga. Botucatu, v.1, n.3, p.30-44. 1996.

MERRIAN, J.L.; KELLER, J. Farm irrigation system evaluation: A guide for management. Logan: Agricultural and Irrigation Engineering Departament, Utah State University, 1978. 271p.

OLIVEIRA, et al. Uniformidade de distribuição de potássio num sistema de irrigação por gotejamento quando aplicado por diferentes injetores. Irriga. Botucatu, v. 8, n. 3, p. 234- 241, set-dez. 2003.

OLIVEIRA, L. F. C. de. et al. Avaliação da distribuição de vazão e hidráulica das linhas laterais de um sistema de irrigação por microaspersão. Engenharia Rural. Piracicaba, 4(único), p.37-58, jul/dez. 1993.

PAULINO, M. A. de O et al. Avaliação da uniformidade e eficiência de aplicação de água em sistemas de irrigação por aspersão convencional. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada. Fortaleza, v.3, n.2, p.48-54, 2009.

PEIXOTO, J. F. S.; CHAVES, L. H. G.; GUERRA, H. O. C. Uniformidade de distribuição da fertirrigação no distrito de irrigação Platô de Neópolis. Revista de Biologia e Ciências da Terra. Campina Grande, v. 5, n. 2, 2. Sem. 2005.

PERI,G.; HART, W.E.; NORUM, D.J. Optimal irrigation depths-a method of analysis. Journal of the Irrigation and Drainage Division. New York, v.105 n.4 343- 55, dec.1979.

RESENDE, R. Desempenho de um sistema de irrigação Pivô Central quanto à uniformidade e eficiência de aplicação de água, abaixo e acima da superfície do solo. 1992. 86 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1992.

SANTOS, R. A. et al. Uniformidade de distribuição de água em irrigação por gotejamentos em sub-superfície instalado na cultura de pupunheiras (Bactris gasipaes H.B.K.). In: XXXII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola – CONBEA, 2003, Goiânia: GO, jul/ago. 2003.

SCALOPPI, J. E.; DIAS, K. F. S. Relação entre a pressão de operação e a uniformidade de distribuição de água de aspersores rotativos por

impacto. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 26, 1996, Bauru. Resumos... Bauru: Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola, 1996. CD Rom.

SILVA, C. A da.; SILVA, C. J. da. Avaliação de uniformidade em sistemas de irrigação localizada. Revista Científica Eletrônica de Agronomia. Garça, n. 8, dez. 2005.

SILVA, M. S. L da; GOMES, T. C. de A. Cultivo da mangueira. Disponível em: http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Manga/CultivodaMangueira/manejo.htm>. Acesso em 11 jan. 2011.

SOUZA, L. O. C.; MANTOVANI, E. C.; SOARES, A. A.; RAMOS, M. M.; FREITAS, P. S.L. Avaliação de sistemas de irrigação por gotejamento, utilizados na cafeicultura. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. Campina Grande, v.10, n.3, jul./set. 2006.

TARJUELO, J. M.; De JUAN, J. A.; VALIENTE, M.; GARCÍA, P. Model for optimal cropping patterns within the farm based on crop water production functions and irrigation uniformity. II: A case study of irrigation scheduling in Albacete, Spain. Agricultural Water Management, Amsterdam, v.31, n.1/2, p.145-163, 1996.

TEIXEIRA, A. H. de C. Informações agrometeorológicas do Polo Petrolina, PE/Juazeiro, BA - 1963 a 2009. Petrolina: Embrapa Semiárido, 2010. 21 p. (Embrapa Semiárido. Documentos, 233).

TEIXEIRA, A. H. de C.; LIMA FILHO, J. M. L. Cultivo da mangueira. Embrapa Semiárido: 2004. Disponível em: <http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Manga/CultivodaMangueira/clima.htm>. Acesso em 11 jan. 2011.

TUNDISI, J. G. Água no século XXI: enfrentando a escassez. 2. ed. São Carlos: Rima, 2005. 248 p.

WALKER, W.R. Explicit sprinkler irrigation uniformity: efficiency model. Journal of the Irrigation and Drainage Division. ASCE, New York, v.105, n.2, p.129-36, june 1979.

WILCOX, J.C.; SWAILES, G.E. Uniformity of water distribution by some undertree orchard sprinklers. Scientific Agricultural, v.27, p.565-583, 1947.

ZOCOLLER, J. L. Avaliação de desempenho de sistemas de irrigação. Ilha Solteira – SP: UNESP, 2005. Disponível em . Acesso em 14 de out. de 2010.p

Downloads

Publicado

2012-12-31

Como Citar

ARAQUAM, W. W. C. .; CAMPECHE, L. F. de S. M. . Avaliação da uniformidade de aplicação de água em sistemas de irrigação do perímetro irrigado Nilo Coelho em Petrolina-PE. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 303–316, 2012. DOI: 10.31416/rsdv.v2i3.179. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/179. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos