Perspectivas e desafios do arranjo produtivo local (APL) da apicultura no Município de Ouricuri, Estado Pernambuco

Autores

  • Rosangela Maria Pereira IFSertãoPE
  • Társio Thiago Lopes Alves IFSertãoPE
  • Janeanne Nascimento Silva Faculdade de Juazeiro do Norte - FJN
  • Iris Maria Silva IFSertãoPE
  • Sergio Eduardo de Holanda Alencar IFSertãoPE
  • Antônio Alves de Souza IFSertãoPE
  • Marina Barbosa da Silva IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v5i1.138

Palavras-chave:

Abelha, Atividade Apícola, Mel

Resumo

A Apicultura na Região do Sertão do Araripe expandiu sua atividade a partir da ampliação do mercado do Piauí, fato justificado por essa região está próxima aos principais arranjos produtivos de mel piauienses. Objetivou-se estudar o APL da Apicultura no Município de Ouricuri, PE. Inicialmente, foi feito um estudo prévio em Associação de Apicultores, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, Entidades Governamentais e Não – Governamentais sobre as localidades que tinham a apicultura como atividade rural e posteriormente, realizou-se visitas aos apicultores identificados aplicando questionário sócio – econômico, tecnológico e associativismo, além da Metodologia para Resolução de Problemas. Observou-se que 100% dos entrevistados criam abelhas do gênero Apis, entretanto, apenas 13% tem a apicultura como atividade principal e 23% consorcia abelhas com ovinocaprinos. Em relação a perdas de colônias, 90% tiveram perdas em 2014 e 73% também tiveram perdas em anos anteriores, todavia, 100% alegaram problemas com a estiagem. Portanto, o APL da Apicultura em Ouricuri encontra-se em dificuldades devido a perdas de colônias, promovendo um desestímulo dos apicultores, além de baixa produtividade.

Referências

ARAÚJO, Tarcisio Patricio (Org.). Demanda por microcrédito em três arranjos produtivos de Pernambuco: Apicultura, bacia leiteira e caprinocultura. Recife: Fundação Joaquim Nabuco: Massangana, 2006.

ARRUDA, J. B. F. ; BOTELHO, B. D. ; CARVALHO, T. C. Diagnóstico da cadeia produtiva da apicultura: um estudo de caso. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. 31., 2011, Belo Horizonte. Anais...Belo Horizonte: ABEPRO, 2011.

BAGNASCO, Arnaldo. “Desenvolvimento regional, sociedade local e economia difusa”. In: COCCO, Giuseppe; URANI, André; GALVÃO, Alexandre Patez (orgs). Empresários e Empregos nos Novos Territórios Produtivos: o caso da terceira Itália. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

BARRETO, L. M. R. C.; FUNARI, S. R. C.; ORSI, R. O. Pólen apícola: perfil da produção no Brasil. In: CONGRESSO DE APICULTURA DEL MERCOSUR, 1. 2005, Punta Del Este. Anais... Punta Del Este: 2005. 20p.

BEGATINI, Giacomo. “Os distritos industriais na Itália”. In: COCCO, Giuseppe; URANI, André; GALVÃO, Alexandre Patez (org’s). Empresários e Empregos nos Novos Territórios Produtivos: o caso da terceira Itália. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

BRASIL. Cadeias Produtivas de Flores e Mel. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento –MAPA/Secretaria de Política Agrícola. Cord. BUAINAIN, A. M. e BATALHA, M. O.v. 9. 140p. 2007.

CASSIA, Giuseppe. “Modelos empresariais e figuras do trabalho no nordeste da Itália”. In: COCCO, Giuseppe; URANI, André; GALVÃO, Alexandre Patez (org’s). Empresários e Empregos nos Novos Territórios Produtivos: o caso da terceira Itália. Rio de Janeiro: DP&A,1999.

CHEUNG, T. L; GERBER, R. M; Consumo de mel de abelhas: análise dos comportamentos de comensais do estado de Santa Catarina. Informações Econômicas, SP, v.39, n.10, out. 2009.

CORÓ, Giancarlo. “Distritos e sistemas de pequena empresa na transição”. In: COCCO, Giuseppe; URANI, André; GALVÃO, Alexandre Patez (org’s). Empresários e Empregos nos Novos Territórios Produtivos: o caso da terceira Itália. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

COSTA JÚNIOR, M. P.; SILVA, L. P.; SOUSA, E. P. Comportamento do consumidor de mel de abelha nas cidades cearenses de Crato e Juazeiro do Norte. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 44., 2006, Fortaleza -CE. Anais...Fortaleza -CE: SOBER, 2006. CD-ROM.

DA SILVA, N. R. Aspectos do Perfil e do Conhecimento de Apicultores Sobre Manejo e Sanidade da Abelha Africanizada em Regiões de Apicultura de Santa Catarina. 2004. 117 f. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) -Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

IBGE -Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção da pecuária municipal 2009. 2010.

JÚNIOR, M.; SILVA, L. & SOUSA, E. (2006). Comportamento do consumidor de mel de abelha nas cidades Cearenses de Crato e Juazeiro do Norte. Anaisdo XILV Congresso da Sociedade de Economia e Sociologia Rural, Fortaleza.

LASTRES, Helena M. M.; CASSIOLATO, José E. (Coord.). Glossário de Arranjos e Sistemas Produtivos e Inovativos. RedeSist, 2004.Disponível em: <http://www.ie.ufrj.br/redesist/P4/Ampli/Gloss%E1rio%20RedeSist. pdf>. Acesso em: 12 março 2009.

LEÃO, E. L. S.; MOUTINHO, L. M. G.; XAVIER, M. G. P. Condicionantes de crescimento arranjo produtivo local de apicultura na Região do Araripe, Pernambuco. RACE, Unoesc, v. 11, n. 1 Edição Especial Agronegócios, p. 75-102, jan./jun. 2012.

MARCHINI, L.C., G.S. SODRÉ e A.C.C.C. MORETI. Mel brasileiro: Composição e normas. Ribeirão Preto, A.S.P., 131p. 2004.

MARSHALL, Albert. Princípios de Economia. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

MARTINS, F.F.F.;MARTINS, F.F.;PEREIRA,J.O.P.; ALENCAR, T. C. S. B. D.; CARVALHO, L.S. ; MACEDO, S.F.L. ; FARIAS, K. C. ; PAULA, C.M. Perfil do consumo de mel de abelhas africanizadas em cidades do interior do estado do Ceará. In: V CONNEPI -Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2010, Maceió. Anais do V CONNEPI -Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2010.

MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA. Projeto cadastro de fontes e abastecimento por água subterrânea no estado de Pernambuco: Diagnóstico do Município de Ouricuri. Recife. 32p. 2005.

OURICURI. Disponível em:< http://pt.wikipedia.org/wiki/Ouricuri>. Acesso em: 07 março 2013.

PASIN, V. L. E.; TERESO, M. J. A.; BARRETO, L. M. R. C. Análise da produção e comercialização de mel natural no Brasil no período de 1999 a 2010. Revista Agroalimentaria. v. 18, n.34, p.29-42. 2012.

PAULA NETO, Francisco Leandro de.; ALMEIDA NETO, Raimundo Moreira. Apicultura nordestina: principais mercados, riscos e oportunidades. Fortaleza: Banco do Nordeste do Brasil, 2006. 78 p. (Série Documentos do ETENE, n. 12). Disponível em: <http://www.bnb.gov.br/projwebren/exec/livroPDF.aspx?cd_livro=5>. Acesso em:22 março2010.

RIBEIRO, K. A.; NASCIMENTO, D. C.; CASSUNDÉ JUNIOR, N. F.; MORATO, J. A. Q.; Arranjo produtivo local (APL) como estratégia de potencializar as fronteiras mercadológicas do apicultor no perímetro de irrigação Senador Nilo Coelho em Petrolina-PE. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, UNEB, Salvador, v. 3, n. 2, p. 99-120, maio/ago., 2013.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas. Boletim Setorial do Agronegócio: Apicultura. Recife.15p. 2011.

SOUZA, D. C. Apicultura Orgânica: Alternativa para Exploração da Região do Semi-Árido Nordestino. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE APICULTURA, 14., 2002, Campo Grande. Anais... Campo Grande: Confederação Brasileira de Apicultura, 2002. p.133-135.

VAINER, Carlos Bernardo. As escalas do poder e o poder das escalas: O que o pode o poder local? In: Planejamento e Território: ensaios sobre a desigualdade. Cadernos do IPPUR/UFRJ, Rio de Janeiro: UFRJ/IPPUR, ano 15, n. 2, ago./dez. 2001; ano 16, n. 1 jan./jul. 2002.

Downloads

Publicado

2017-04-30

Como Citar

PEREIRA, R. M. .; ALVES, T. T. L. .; SILVA , J. N. .; SILVA , I. M. .; ALENCAR, S. E. de H. .; SOUZA, A. A. de .; SILVA, M. B. da . Perspectivas e desafios do arranjo produtivo local (APL) da apicultura no Município de Ouricuri, Estado Pernambuco. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 30–37, 2017. DOI: 10.31416/rsdv.v5i1.138. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/138. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos