Correlação entre volume testicular e qualidade seminal de queixadas (Tayassu pecari) mantidos em cativeiro

Autores

  • Renan Luiz Albuquerque Vieira Universidade Federal da Bahia
  • Marilucia Campos dos Santos Universidade Federal do Recôncavo da Bahia https://orcid.org/0000-0002-6275-2393
  • Ana Karina da Silva Cavalcante
  • Suélen Dias Silva dos Reis Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i1.452

Palavras-chave:

Animais Silvestres, Reprodução, Animais em cativeiro

Resumo

Objetivou-se avaliar características morfológicas e morfométricas dos espermatozoides de queixadas e  correlação entre qualidade do sêmen e características biométricas testiculares. Foram utilizados 16 queixadas machos adultos, oriundos de criadouro científico. Após anestesia dos animais, foram realizadas mensurações biométricas (morfologia, consistência, comprimento, largura e altura) dos testículos com auxílio de paquímetro e realizada a eletroejaculação para coleta do sêmen. A avaliação da cinética espermática foi realizada por meio de análise computadorizada de sêmen Sperm Class Analyzer®, v.5.2.01, Microptic S.L., Barcelona, Espanha. Os queixadas apresentaram valores médios para comprimento (5,88±1,05cm), largura (4,24±0,98cm), altura (4,44±0,86cm) dos testículos e largura escrotal total “LET” (8,78±17,05). Os espermatozoides apresentaram valores médios para motilidade total de 75,4 ± 16,2, motilidade progressiva de 34,7 (±15,6), VCL de 43,0 (±11,6) ?m/s, a VSL de 14,98 (±6,42) ?m/s, e a VAP de 25,33 (±10,66) ?m/s. Percentual de linearidade e retilinearidade média de 34,89 (±12,10) e 58,64 (±11,36), respectivamente. Velocidade média do trajeto de 25,33 (±10,66) ?m/s, Index de oscilação médio de 58,03% (±12,95), amplitude do deslocamento lateral de cabeça foi de 2,43 (±0,41), frequência de batimento flagelar cruzado de 5,78 (±1,50) Hz. Os espermatozoides apresentaram valores médios para células normais 86,55% (±4,02), células com defeitos maiores 7,77% (±3,98), e menores 5,68% (±2,46), somando 13,45% (±4,03) de defeitos totais. Formato alongado, comprimento total de 46,73 ?m (±2,63), comprimento da cabeça 7,03 ?m (±0,39), peça intermediária 12,57 ?m (±0,91) e cauda 26,47 ?m (±2,84), largura da cabeça 3,68 ?m (±0,36), peça intermediária 0,98 ?m (±0,15) e cauda 0,60 ?m (±0.12). Em queixadas o volume testicular está diretamente relacionado com motilidade total e motilidade progressiva (p<0,5). Queixadas com maiores dimensões de testículos possuem maior capacidade reprodutiva, portanto seleção de animais com estas características poderá propiciar desempenho reprodutivo de machos em cativeiro.

Biografia do Autor

Renan Luiz Albuquerque Vieira, Universidade Federal da Bahia

Possui graduação em Bacharelado em Biologia pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB - 2015), Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pelo Instituto Superior de Educação Elvira Dayrell (ISEED - 2019), Especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Martins (FAMART - 2019), Especialização em Análises Clínicas pelo Centro Universitário FAVENI (FAVENI - 2021), Especialização em Saúde Pública e Meio Ambiente pelo Centro Universitário Maria Milza (UNIMAM - 2022), Mestrado em Ciência Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC - 2018), Doutor em Ciência Animal nos Trópicos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA - 2021). Tem experiência em Reprodução e Comportamento Animal, também na área das Ciências Morfofuncionais (Anatomia, Fisiologia, Citologia, Histologia e Embriologia). Atuando principalmente na Biologia da reprodução e do desenvolvimento, biotecnologia da reprodução animal, exame andrológico, criopreservação seminal, manejo e conservação de animais selvagens ameaçados de extinção, levantamento de fauna, enriquecimento ambiental, estudo de hábitos alimentares, comportamento social e cuidado parental. Estagiou no setor de Reprodução Animal. Participou do grupo de estudo NERA/UFRB (Núcleo de Estudo em Reprodução Animal) com assuntos técnicos e científicos na área de Reprodução Animal. Integrante do grupo de pesquisa Saúde e Produção no Recôncavo. Coordenador do Grupo de Estudos em Reprodução Assistida (GERA) na UFRB e UNIMAM. Possui experiência como Docente no Ensino Superior. 

Suélen Dias Silva dos Reis, Universidade Federal da Bahia

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal da Bahia (UFBA/2012). Mestrado em Ciência Animal pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB/2015). Doutorado em Ciência Animal nos Trópicos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA/2018). É médica veterinária residente em Patologia Animal pelo Programa de Residência em Área Profissional da Saúde, no Laboratório de Patologia Animal

Referências

AGNARSSON, I.; MAY-COLLADO, L. J. The phylogeny of Cetartiodactyla: the importance of dense taxon sampling, missing data, and the remarkable promise of cytochrome b to provide reliable species-level phylogenies. Molecular Phylogenetics and Evolution, v. 48, p. 964-985, 2008. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.ympev.2008.05.046 / >. Acesso em; 18 novembro 2022.

ALTHOUSE, G. C. Applied Andrology in Swine. In CHENOWETH, P. J.; LORTON, S. P. Animal Andrology: Theories and Applications, 1. Ed. Londres. CAB Internacional. 2014. p. 404-417.

ANEL, L.; ALVAREZ, M.; MARTINEZ-PASTOR, F.; ANEL EP. Improvement strategies in ovine artificial insemination. Reproduction of Domestic Animals, v. 41, n. 2, p. 30-42, 2006. Disponível: <https://doi.org/10.1111/j.1439-0531.2006.00767.x />. Acesso em: 9 novembro 2022.

ANDRABI, S. M. H.; MAXWELL, W. M. C. A review on reproductive biotechnologies for conservation of endangered mammalian species. Anim Reprod Sci, v. 99, p. 223-243, 2007. Disponível: <https://doi.org/10.1111/j.1439-0531.2006.00767.x />. Acesso 9 novembro 2022.

BAYLEY, T. L. Caliper ultrasonographic measurements of bovine testicles and a mathematical formula for determining testicular volume and weight in vivo. Theriogenology, v. 49, p. 581-594, 1998. Disponível em: < (https://doi.org/10.1016/S0093-691X(98)00009-0 />. Acesso 27 novembro 2022.

CASTELO, T. S. Efeito dos processos de centrifugação, diluição e descongelação sobre a qualidade do sêmen de catetos (Tayassu tajacu, linnaeus, 1758). 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) Universidade Federal Rural do Semi-árido, Mossoró, 2010.

CBRA (Colégio Brasileiro de Reprodução Animal). Manual para exame andrológico e avaliação de sêmen animal. 3 ed. Belo Horizonte, 2013. 89p.

COSTA, D. S.; PAULA, T. A. R. Semen collection and evaluation of the collared peccary (Tayassu tajacu). Biota Neotropica, v. 5, n. 2, p. 1-6, 2005. Disponível : < https://doi.org/10.1590/S1676-06032005000300009 />. Acesso em: 21 outubro 2022.

DESBIEZ, A. L. J. Avaliação do risco de extinção do cateto Pecari tajacu Linnaeus, 1978, no Brasil. Biodiversidade Brasileira. Ano II, v. 3, p. 74-83, 2012. Disponível: < <https://doi.org/10.37002/biobrasil.v%25vi%25i.24/>. Acesso 5 dezembro 2022.

DESBIEZ, A. L. J.; KEUROGHLIAN, A. Can bite force be used as a basis for niche separation between native peccaries and introduced feral pigs in the Brazilian Pantanal? Mammalia, v. 73, p. 369-372, 2009. Disponível em: < https://doi.org/10.1515/MAMM.2009.049 / >. Acesso 29 novembro 2022.

DYCE, K. M. Tratado de anatomia veterinária. Rio de Janeiro: Guanabara, 1997.

FRANCO, S. C.; FONSECA, V. O.; GASTLE, L. Potencial reprodutivo de touros nelore acasalados coletivamente na proporção de um touro para 100 vacas. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 58, n. 6, p. 1156-1161, 2006. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0102-09352006000600026 />. Acesso em: 19 dezembro 2022.

HELLGREN, E. C.; LOCHMILLER, R. L.; AMOSS, M. S. J. R et al. Seasonal variation in serum testosterone testicular measurements and semen characteristics in the collared 49 peccary (Tayassu tajacu). Journal of Reproduction and Fertility, v. 85, p. 677-686, 1989. Disponivel em: <https://doi.org/10.1530/jrf.0.0850677 />. Acesso em: 6 dezembro de 2022.

HIRAI, M.; BOERSMA, A.; HOEFLICH, A et al. Objectively Measured Sperm Motility and Sperm Head Morphometry in Boars (Sus scrofa): Relation to Fertility and Seminal Plasma Growth Factors. Journal of Andrology, v. 22, n. 1, p. 11-19, 2001. Disponível em: <https://doi.org/10.1002/j.1939-4640.2001.tb02159.x />. Acesso em: 11 novembro 2022.

ISHIKAWA, A.; MATSUI, M.; SAKAMOTO, H et al. Cryopreservation of the semen collected by eletroejaculation from the Hokkaido brown bear (Ursus arctos yesoensis). Journal of Veterinary Medical Science, v. 64, p. 373-376, 2002. <https://doi.org/10.1292/jvms.64.373 />. Acesso em: 13 outubro 2022.

IUCN. The IUCN Red List of Threatened Species. Species Range: Tayassu pecari, 2015. Disponível em: <http://maps.iucnredlist.org/map.html?id=41778>. Acesso em: 06 julho de 2020.

KAHWAGE, P. R.; GARCIA, A. R.; GUIMARÃES, D. A. A et al. Biometria testicular, eletroejaculação e características seminais de caititus Tayassu tajacu Linnaeus 1758 (Mammalia, Arctiodactyla, Tayassuidae) mantidos em cativeiro na Amazônia Oriental. Acta Amazonica, v. 40, p. 771-778, 2010. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0044-59672010000400019/>. Acesso em: 24 novembro 2022

KEUROGHLIAN, A.; DESBIEZ, A.; REYNA?HURTADO R. Tayassu pecari. IUCN Red List of Threatened Species. The IUCN Red List of Threatened Species 2013. Disponível em: < https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2013-1.RLTS.T41778A44051115.en />. Acesso em: 19 dezembro 2022.

LOCHMILLER, R. L.; HELLGREN, E. C.; VARNER, L. W et al. Physiological responses of the adult male collared peccary Tayasu tajacu (Tayassuidae), to severe dietary restriction. Comparative Biochemistry Physiologic, v. 82, n. 1, p. 49-58, 1985. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/0300-9629(85)90703-0 /> Acesso em: 17 outubro 2022

LOUVANDINI, H.; MCMANUS, C.; MARTINS, R. D. Características biométricas testiculares em carneiros Santa Inês submetidos a diferentes regimes de suplementação protéica e tratamentos anti-helmínticos. Ciência Animal Brasileira, v. 9, n. 3, p. 638-647, 2008. Disponível em: <https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/6584/1/ARTIGO_Caracter%c3%adsticasBiom%c3%a9tricasTesticulares.pdf.> Acesso em: 2 novembro 2022

MATOS, D. L.; ARAÚJO, A. A.; ROBERTO, I. G et al. Análise computarizada de espermatozóides: revisão de literatura. Revista Brasileira de Reprodução Animal, v. 32, p. 225-232, 2008. Disponível em: <http://cbra.org.br/pages/publicacoes/rbra/download/RB176%20Matos%20p225.pdf.> Acesso em: 21 novembro 2022.

Mayor, P., Guimaraes, D. A., Le Pendu, Y et al. Reproductive performance of captive collared peccaries (Tayassu tajacu) in the eastern Amazon. Animal Reproduction Science, v. 102, p. 88-97, 2007. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.anireprosci.2006.10.015 />. Acesso em: 15 outubro 2022,

MORAES, G. P. Puberdade e maturidade sexual de tourinhos Senepol, criados semiextensivamente na região do Triângulo Mineiro-MG: 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2012.

MORATO, R.; BARNABÉ, R. Biotécnicas de reprodução aplicadas à preservação de felídeos selvagens. Clínica Veterinária, v. 12, p. 24-26, 1998. Disponível em: < (https://doi.org/10.1016/j.theriogenology.2009.10.003/>. Acesso em: 9 novembro 2022

NOGUEIRA-FILHO, S. L. G.; BORGES, R. M.; MENDES, A et al. Nitrogen requirements of white-lipped peccary (Mammalia, Tayassuidae). Zoo Biology, v. 33, p. 320-326, 2014. Disponível em: <https://doi.org/10.1002/zoo.21141> Acesso em: 22 outubro 2022.

NOGUEIRA, S. S.; C; NOGUEIRA-FILHO, S. LG. Wildlife farming: an alternative to unsustainable hunting and deforestation in Neotropical forests. Biodiversity and Conservation, v. 20, p. 1385-1397, 2011. Disponível em: <https://link.springer.com/article/10.1007/s10531-011-0047-7/>. Acesso em: 7 novembro 2022.

PASTORE, A. A.; TONIOLLO, G. H.; LÔBO, R. B et al. Características Biométricas, testiculares, seminais e parâmetros genéticos de touros pertencentes ao programa de melhoramento genético da raça Nelore. ARS Veterinária, v.24, n.2, p.134-141, 2008.Disponível em: <https://ancp.org.br/up_artigos/Caracteristicas%20biometricas,%20testiculares,%20seminais%20e%20parametros%20geneticos%20de%20touros%20pertencentes%20ao%20programa%20de%20melhoramento%20genetico%20da%20raca%20Nelore.pdf> Acesso em: 2 novembro 2022.

PEIXOTO, G. C. V.; SILVA, M. A.; LIMA, G. L et al. Use of non-invasive methods for evaluating the testicular biometry in collared peccaries (Peccari tajacu Limaeus, 1758). Anatomia Histologia Embryologia, v. 45, p. 60-66, 2016. Disponível em: <https://doi.org/10.1111/ahe.12171/>. Acesso em: 14 dezembro 2022

REGE, J. E. O.; TOE, F.; MUKASA-MUGERWA, E et al. Reproductive characteristics of Ethiopian highland sheep. II. Genetic parameters of semen characteristics and their relationships with testicular measurements in ram lambs. Small Ruminant Research, v. 37, p.173-187, 2000. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/S0921-4488(00)00140-1> . Acesso em: 5 dezembro 2022.

RODRIGUEZ-MARTINEZ, H.; ZHANG, B. R.; LARSSON, B. Bovine semen quality and the ability to produce embryos in vivo and in vitro. Arquivo Faculdade de Veterinária UFRGS, v. 25, p. 108-126, 1997.

SAS Institute Inc., SAS OnlineDoc®. Version 8, Cary, NC: SAS Institute Inc. 2003.

SANTOS, D.; MENDES, A.; NOGUEIRA, S. S. C et al. Criação comercial de caititus (Pecari tajacu): uma alternativa para o agronegócio. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 10, p. 1-10, 2009. Disponível em: <https://www.bvs-vet.org.br/vetindex/periodicos/revista-brasileira-de-saude-e-producao-animal/10-(2009)-1/criacao-comercial-de-caititus-pecari-tajacu-uma-alternativa-para-o-agr/>. Acesso em: 9 novembro 2022.

SONNER, J. B.; M. A. MIGLINO, T. C.; SANTOS, R et al. Aspectos macroscópicos e morfométricos dos testículos em catetos e queixadas. Biota Neotropica, v. 4, p. 1-12. 2004. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1676-06032004000200006>. Acesso em 26 outubro 2022.

SOUZA, A. L. P.; CASTELO, T. S.; QUEIROZ, J. P. A. F et al. Evaluation of anesthetic protocol for the collection of semen from captive collared peccaries (Tayassu tajacu) by electroejaculation. Animal Reproduction Science, v. 116, n. 3, p. 370-375, 2009. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.anireprosci.2009.02.017>. Acesso em: 21 dezembro 2022.

UNANIAN, M. M.; FELICIANO SILVA, A. E. D.; McMANUS, C et al. Características biométricas testiculares para avaliação de touros zebuínos da raça Nelore. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 29, p. 136-144, 2000. Disponivel em:<https://doi.org/10.1590/S1516-35982000000>. Acesso em: 27 outubro 2022.

VERSTEGEN, J.; IGUER-OUADA, M.; ONCLIN K. Computer assisted semen analyzers in andrology research and veterinary practice. Theriogenology, v. 57, p. 149-179, 2002. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/S0093-691X(01)00664-1>. Acessso em: 2 outubro 2022

Downloads

Publicado

2024-03-01

Como Citar

VIEIRA, R. L. A.; SANTOS, M. C. dos; CAVALCANTE, A. K. da S.; REIS, S. D. S. dos. Correlação entre volume testicular e qualidade seminal de queixadas (Tayassu pecari) mantidos em cativeiro. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 239–253, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i1.452. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/452. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos