Estrutura da comunidade de ninfas de Odonata em riachos de brejo de altitude no semiárido

Autores

  • Evaldo de Lira Azevêdo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba
  • Alane Mayana Bezerra de Andrade
  • Cristiana Ferreira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i2.1064

Palavras-chave:

Libélulas, Biodiversidade, Conservação em Ecossistemas Aquáticos.

Resumo

Estudos sobre a estrutura de comunidade ecológica são de extrema importância para a conservação da biodiversidade. São particularmente importantes em áreas pouco conhecidas como áreas de brejo de altitude localizadas no semiárido brasileiro, podendo assim auxiliar no desenvolvimento de estratégias para a conservação de espécies e ecossistemas. O presente trabalho teve como objetivo principal realizar o levantamento da abundância, da riqueza e da diversidade de ninfas de Odonata em um riacho localizado em um trecho de brejo de altitude no semiárido brasileiro. O estudo foi realizado no Riacho Poço da Lage (Município de Triunfo, Sertão de Pernambuco – Brasil), que pertence a bacia do Rio Pajeú. As amostras de Odonata foram coletadas com auxílio de rede D em sete poços e sete trechos de correnteza. Em laboratório foram lavadas, triadas e identificadas, para posterior avaliação da riqueza, abundância e diversidade de ninfas. A riqueza total de gêneros de Odonata foi 5, a abundância foi 32 em poço e 39 em correnteza, a diversidade em poços foi 0,54 (±0,52) e em correnteza 0,76 (±0,44). Ainda, é possível inferir que existem dois grupos de locais de amostragem separados pelo nível de qualidade ambiental. Este estudo contribui com o reconhecimento da diversidade de ninfas de Odonata em riachos localizados em brejos de altitude no semiárido, os quais são pouco conhecidos, ainda pode contribuir para a elaboração de ações futuras de conservação da biodiversidade.

 

 

Palavras-chave: Libélulas, Biodiversidade, Conservação em Ecossistemas Aquáticos.

Referências

ANDERSON, M.; GORLEY, R.; CLARKE, K. PERMANOVA. for primer: guide to software and statistical methods. Plymouth: Primer-e, 2008.

ARAUJO, B. R. de. Conhecendo as libélulas do Paraná: pesquisa revela 5 novas espécies e 53 novos registros. 2021. Disponível em: <https://pressreleases.scielo.org/blog/2021/04/12/conhecendo-as-libelulas-do-parana-pesquisa- revela-5-novas-especies-e-53-novos-registros/#.Y2FIRXbMK3B>. Acesso em: 31 out. 2022.

ARAUJO, J. Ninfa predadora - Odonata (libélula). 2020. Disponível em: <http://www.portal.zoo.bio.br/media866> Acesso em: 01 nov. 2022.

ARAUJO, S. M. S. A. de. Região semiárida do Nordeste do Brasil: Questões Ambientais e Possibilidades de uso Sustentável dos Recursos. Revista Científica da Fasete, Campina Grande, ano.5 , n.5 , p. 89-98, dez. 2011. Disponível em:<https://www.unirios.edu.br/revistarios/media/revistas/2011/5/a_regiao_semiarida_do_nordeste_do_brasil.pdf> Acesso em: 06 out. 2023.

ASA. Caminhos para a convivência com o semiárido. 2. ed. Recife:asaCOM, 2008. (Cartilha).

ASSIS, J. C. F. de; CARVALHO, A. L.; NESSIMIAN, J. L. Composição e preferência por microhábitat de imaturos de Odonata (Insecta) em um trecho de baixada do Rio Ubatiba, Maricá-RJ, Brasil. Revista Brasileira de Entomologia, [S.L.], v. 48, n. 2, p. 273-282, 2004. Disponível em:<https://www.scielo.br/j/rbent/a/45PJSVW4skpX3qmrVcRcnxg/?format=pdf&lang=pt> Acesso em: 09 mar. 2023.

BASTOS, R. C. Respostas ecológicas de espécies de Odonata (Insecta) a um gradiente de múltiplos usos do solo na Amazônia Oriental. 2020. 43 f. Dissertação (Mestrado - Curso de Pós-Graduação em Ecologia) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2020. Disponível em:<https://ppgeco.propesp.ufpa.br/ARQUIVOS/dissertacoes/VERS%C3%83O%20FINAL%20_ Rafael%20Costa%20Bastos_201827270006.pdf>. Acesso em: 08 mar. 2023.

BORROR, D. J.; TRIPLEHORN, C. A.; JOHNSON, N. F. An introduction to the study of

insects. Saunders College Publishing, 1989. ISBN 0030253977.

BRASIL. CATÁLOGO TAXONÔMICO DA FAUNA DO BRASIL.

Disponívelem:<http://fauna.jbrj.gov.br/fauna/listaBrasil/ConsultaPublicaUC/ResultadoDaConsultaNovaConsu lta.do> Acesso em: 09 mar. 2023.

BRUSCA, R. C.; MOORE, W.; SHUSTER, S. T. Invertebrados. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.

CARVALHO, A. L. A morfologia da larva de último estádio de Coryphaeschna perrensi (Mclachlan, 1887) (Odonata, Aeshnidae). Revista Brasileira de Entomologia, v. 37, n.1, p.167-179, 1993.

CARVALHO, A. L. Aspectos da biologia de Coryphaeschna perrensi (McLachlan, 1887) (Insecta, Odonata), com ênfase no período larval. Revista Brasileira de Entomologia, V.36, n.4, p.791-802, 1992.

CARVALHO, A. L.; CALIL, E. R. Chaves de identificação para as famílias de Odonata (Insecta) ocorrentes no Brasil, adultos e larvas. Papéis Avulsos De Zoologia, v.41, n.1-28 (1999-2001), p. 223-241, 2000. Disponível em: <https://doi.org/10.11606/0031-1049.2000.41.p223-241.>

CARVALHO, A. L.; NESSIMIAN, J. L. Odonata do Estado do Rio de Janeiro, Brasil: Hábitats e hábitos das larvas, p. 3-28.1998. In:J. L. Nessimian & A. L. Carvalho (ed.). Ecologia de In setos Aquáticos. Series Oecologia Brasiliensis,v. V. Rio de Janeiro, PPGE-UFRJ, xvii+309 p.

CARVALHO, A. Clima Semiárido: entenda suas causas, características, vegetação e região. 2022. Disponível em:<https://querobolsa.com.br/enem/geografia/clima-semiarido> Acesso em: 06 out. 2023.

CARVALHO, C.M. Anfíbios e Répteis: Perspectivas de estudos. Publicações Avulsas do Centro Acadêmico de Biologia, v.1, p. 53-60, 1997

COLLAZZO, M. G; ANJOS, T. P. dos; BERTASO, T. R. N.; ESPIOES, M. R. COMPOSIÇÃO E DIVERSIDADE DE INSETOS AQUÁTICOS DA BACIA DO RIO CAMAQUÃ, BIOMAPAMPA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 7, n. 2, 27 fev. 2020.

CORBET, P. S. An Adult Population Study of Pyrrhosoma-Nymphula (Sulzer) - (Odonata, Coenagrionidae). J Anim Ecol., v. 21, p.206-222, 1952.

DAVIES, D. A. A synopsis of the extant genera of the Odonata. No 3, S.I.O. rapid. Comm., ,1981. 59 p.

DEATH, R. G.; WINTERBOURN, M. J. Diversity patterns in stream benthic invertebrate communities: the influence of habitat stability, Ecology, v. 76, p.1446-1460, 1995.

DIAS, S. C. Planejando estudos de diversidade e riqueza: uma abordagem para estudantes de graduação. 2004. 7 f. Monografia (Especialização - Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2004.

DUDGEON, D. The effects of spate-induced disturbance, predation and environmental complexity on macroinvertebrates in a tropical stream, Freshw. Biol. v.30, p. 189-197, 1993.

GOOGLE. Google Earth website. http://earth.google.com/, 2009.

HAMADA, N.; NESSIMIAN, J. L.; QUERINO, R. B. Insetos aquáticos na Amazônia brasileira: taxonomia, biologia e ecologia. Manaus: Editora do INPA, 2014.

JUEN, L.; OLIVEIRA-JUNIOR, J. M. B. de; SHIMANO, Y.; MENDES, T. P.; CABETTE, H. S. R. Composição e riqueza de Odonata (Insecta) em riachos com diferentes níveis de conservação em um ecótone Cerrado-Floresta Amazônica. Acta Amazonica, [S.L.], v. 44, n. 2, p. 223-233, 2014. Disponível em:<https://www.scielo.br/j/aa/a/LHwZfPhtTsWLfRG6Tq9drzJ/>. Acesso em: 13 mar. 2023.

KOHLER, S. L. Competition and structure of a benthic stream Community. Ecol.Monogr., v.62, p.165-188, 1992.

KORTELLO, A. D.; HAM, S. J. Movement and habitat selection by Argia vivida (Hagen) (Odonata, Coenagrionidae) in fuel-modified forest. Journal Of Insect Conservation, [S.L.], v. 14, n. 2, p. 133-140, 26 jul. 2009. Springer Science and Business Media LLC.

KOTZIAN, C. B.; MARTELLO, A. R.; SANTIN, L. F.; BRAUN, B. M.; PIRES, M. M.; SECRETTI, E.; DAVANSOA, R. S.; PIRES, B. M. Macroinvertebrados aquáticos de rios e riachos da Encosta do Planalto, na região central do estado do Rio Grande do Sul (Brasil). Ciência e Natura, [S.L.], v.36, n.2, p. 621-645, 2014.

MAGURRAN, A. E. Medindo a Diversidade Biológica. Editora UFPR. Curitiba, Paraná, Brasil, 2011.

MARCO JUNIOR, P. de; VIANNA, D. M. Distribuição do esforço de coleta de Odonata no Brasil – subsídios para escolha de áreas prioritárias para levantamentos faunísticos. Lundiana: International Journal Of Biodiversity, Viçosa, v. 6, p. 13-26, nov. 2005. Disponível em:<https://periodicos.ufmg.br/index.php/lundiana/article/view/22111/17789>. Acesso em: 06 jun. 2023.

MARTIN, G. Pré-História do Nordeste do Brasil. Ed. Universitária, 1997.

MAY, M. L. Thermoregulation in adaptation to temperature in dragonflies (Odonata: Anisoptera). Ecological Monographs, v. 46, n., p.1-32, 1976.

MCCOY, M. W.; BARFIELD, M.; HOLT, R. D. Predator shadows: complex life histories as generators of spatially patterned indirect interactions across ecosystems. Oikos, v.118, n.1, p. 87–100, jan. 2009.

MORENO, C. E. Métodos para medir la biodiversidad. M&T –Manuales y Tesis SEA, vol. 1. Zaragoza, 2001. 84 p.Disponível em <http://entomologia.rediris.es/sea/manytes/mt1.htm>.

MUGNAI, R.; NESSIMIAN, J. L.; BAPTISTA, D. F. Manual de identificação de macroinvertebrados aquáticos do Estado do Rio de Janeiro: para atividades técnicas, de ensino e treinamento em programas de avaliação da qualidade ecológica dos ecossistemas lóticos. Technical Books , 2010.

PIANKA, E. R. Evolutionary ecology. 5.ed. New York, Harper Collins, 1994. 504p. Disponível em: < Ecologia evolutiva : Pianka, Eric R : Download gratuito, empréstimo e streaming : Internet Archive>.

PINTO, A. P.; LAMAS, C. J. E. Navicordulia aemulatrix sp. nov. (Odonata, Corduliidae) from northeastern Santa Catarina State, Brazil. Revista Brasileira de Entomologia, Santa Catarina, v. 4, n. 54, p. 608-617, dez. 2010. Disponível em:<https://www.scielo.br/j/rbent/a/cdgmgDfjHrtPwCyfDPy3VrB/?format=pdf&lang=en>. Acesso em: 18 maio 2023.

RAMÍREZ, A. Odonata. Revista de Biologia Tropical, v.58, n.4, p. 97-136, 2010.

REICE, S. R. The Role of Substratum in Benthic Macroinvertebrate Microdistribution and Litter Decomposition in a Woodland Stream. Ecology, [S.L.], v. 61, n. 3, p. 580-590, jun. 1980. Wiley. Disponível em: http://dx.doi.org/10.2307/1937424.

SANTOS, A.J. Estimativas de riqueza em espécies. In: CULLEN Jr., L. et al. (Org.). Métodos de estudo em biologia da conservação e manejo da vida silvestre. Curitiba: Ed. UFPR e Fundação O Boticário de Proteção à Natureza, 2003, cap. 1, p. 19-41.

SANTOS, N. D. Contribuição ao conhecimento da fauna do Estado da Guanabara. 74 - Descrição da ninfa de Hetaerina auripennis (Burmeister,1839) Selys,1853 e notas sôbre o imago (Odonata, Agrionidae). Atas da Sociedade de Biologia do Rio de Janeiro, v.13, n.4/5, p.115-117, 1970.

SIMAIKA, J. P.; SAMWAYS, M. J. An easy-to-use index of ecological integrity for prioritizing freshwater sites and for assessing habitat quality. Biodivers. Conserv. v.18, n.5, p. 1171-1185, 2009.

SONADA, K. C. BIOMONITORANDO AS ÁGUAS. Disponível em:

https://conexaoagua.mpf.mp.br/biomonitorando/sobre-insetos-aquaticos-e-meio-ambiente> Acesso em: 06 mar. 2023.

SOUZA, L. O. I. de. A influência de fatores ambientais na distribuição da fauna de odonata (insecta) em riachos da serra da bodoquena, MS. 2003. 45 f. Dissertação (Mestrado- Curso de Pós-Graduação em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul-Campus de Dourados, Dourados, 2003. Disponívelem:<https://files.ufgd.edu.br/arquivos/arquivos/78/MESTRADO-DOUTORADO- ENTOMOLOGIA/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20(2004)%20Luiz%20Onofre%20Irineu% 20de%20Souza.PDF>. Acesso em: 09 mar. 2023.

SOUZA, L. O. I.; COSTA, J. M.; LDRINI, B. B. Odonata. In: Froehlich, C. G. org. Guiaon-line: Identificação de larvas de Insetos Aquáticos do estado de São Paulo. 2007. Disponível em: <http://sites.ffclrp.usp.br/aguadoce/Guia_online>.

SPRINGER M.; RAMÍREZ. A.; Y HANSON. P. Macro invertebrados de agua dulce de Costa Rica I. Revista de Biología Tropical, v.58, n. 4, p.240, 2010.

UIEDA, V. S; GAJARDO, I. C. S. M. Macroinvertebrados perifíticos encontrados em poções e corredeiras de um riacho. Naturalia, São Paulo, v. , n. 21, p. 31-47, jan. 1996.

WARD, J.V.; STANFORD, J. A. Thermal responses in the evolutionary ecology of aquatic insects. Ann. Rev. Entomol. v.27, p.97-117, 1982.

WIENS, J. A. Riverin landscapes: taking landscape ecology mto the water. Freshwater Biology, v.47, p. 501-515, 2002.

WILLIAMS, D. D.; FELTMATE, B. W. Aquatic Insects. Wallingford, Reino unido, Cab international, 1992. 358p

Downloads

Publicado

2024-06-07

Como Citar

DE LIRA AZEVÊDO, E.; BEZERRA DE ANDRADE, A. M.; FERREIRA DA SILVA, C. . Estrutura da comunidade de ninfas de Odonata em riachos de brejo de altitude no semiárido. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 763–779, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i2.1064. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/1064. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Biológicas - Artigos