Ensino Remoto Emergencial durante a pandemia da covid-19: a percepção dos discentes do curso de licenciatura em química do IFSertãoPE, campus Petrolina

Autores

  • Bruna Daniele Mendes de Sousa
  • Débora Santos Carvalho dos Anjos IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i2.960

Palavras-chave:

Aspectos acadêmicos, Aspectos emocionais, Aspectos socioeconômicos

Resumo

A pandemia causou grande impacto em todo o mundo, proporcionando uma nova forma de viver em sociedade. O afastamento social e, consequentemente, a interação em espaços virtuais se tornaram necessários para evitar o contágio. No contexto da educação, as escolas suspenderam seus calendários letivos do ensino presencial e passaram a adotar o Ensino Remoto Emergencial (ERE). Nesse sentido, o presente artigo teve por objetivo analisar a percepção dos discentes do Curso de Licenciatura em Química acerca das dificuldades e possibilidades vivenciadas pelo ERE imposto pela COVID-19. Desse modo, foi realizada uma pesquisa quanti qualitativa com abordagem descritiva e aplicação de questionário on-line junto a 52 (cinquenta e dois) estudantes do IFSertãoPE, campus Petrolina. Os resultados da pesquisa, de maneira geral, indicaram que os discentes enfrentaram dificuldades durante o ERE, principalmente no que se referiu as questões emocionais, acadêmicas e econômicas. No entanto, foi possível observar que os alunos desenvolveram autonomia e organização nos estudos. Dessa forma, com base nos resultados deste estudo, conclui-se que o ERE foi a melhor alternativa mediante o cenário imposto pela pandemia da COVID-19.

Referências

ANDIFES. Reitores fazem relatos sobre as experiências de ensino remoto em seminário da Andifes. Brasília, DF: Portal ANDIFES. Disponível em: <https://bit.ly/2RfGfFG>. Acesso em: 11 nov. 2021.

APARECIDO, C. T. R; ZAMBON, M. S. Democratização da educação e a expansão do ensino a distância no brasil. Teoria & Prática: Revista de Humanidades, Ciências Sociais e Cultura, v. 2, n. 1, p. 1-13, 2020.

AQUINO, M. C. N.; DOS SANTOS, A. K. V.; CAVALCANTE, S. K. R.; ARAÚJO, J. S.; LINHARES, J. C. S. As dificuldades enfrentadas pelos professores do campo no ensino remoto durante a pandemia de Covid-19. VII Congresso Nacional de Educação, 2021. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/editora/anais/conedu/2021/TRABALHO_EV150_MD1_SA119_ID1452_30092021114510.pdf. Acesso em: 18 set 2022.

ARRUDA, E. P. Educação remota emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. Em Rede: Revista de Educação a Distância, Porto Alegre, v.7, n.1, p.257-275, 2020. Disponível em: <https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/621> Acesso em: 18 nov. 2021.

BARROS, A. S.; LEHFELD, N. A. S. Fundamentos de Metodologia Científica. 3. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

BASTOS, R. L. G.; LIMA, S. C. Narrativas de aprendizagem de inglês em tempos de pandemia. In: OLIVEIRA, K.C. et al. (Orgs.). Reflexões sobre o ensino de línguas e literatura, formação docente e material didático. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020.

BEHAR, P. A. O ensino remoto emergencial e a educação a distância. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2020. Disponível em: https://www.ufrgs.br/coronavirus/base/artigo-o-ensino-remoto-emergencial-e-a-educacao-a-- distância/> Acesso em: 14 nov. 2021.

BEZERRA, A. C.; SILVA, C. E. M. D.; SOARES, F. R. G.; SILVA, J. A. M. D. Fatores associados ao comportamento da população durante o isolamento social na pandemia de COVID-19. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 2411-2421, june, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-1232020006702411&script=sci_arttext#:~:text=O%20conv%C3%ADvio%20social%20foi%20o,no%20sono%2050%2C3%25. Acesso em: 29 de abr. 2024.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 5/2020, aprovado em 28 de abril de 2020- Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Brasília, 2020. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=145011-pcp005-20&category_slug=marco-2020-pdf&Itemid=30192> Acesso em: 17 nov. 2021.

CORDEIRO, K. M. A. O impacto da pandemia na educação: a utilização da tecnologia como ferramenta de ensino. 15fls. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) –Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2020. Disponível em: <http://idaam.siteworks.com.br/jspui/handle/prefix/1157>. Acesso em: 13 nov. 2021.

FERREIRA, S. F.; SANTOS, A. G. M. Dificuldades e desafios durante o ensino remoto na pandemia: um estudo com professores do município de queimadas – PB. Revista Científica Semana Acadêmica, v. 9, n. 000207, 2021.

FREITAS, N. L.; BOECHAT, L. T. Percepção discente sobre processos interacionais remotos na educação profissional e tecnológica: aspectos sociocognitivos e didático-pedagógicos. Revista Humanidades e Inovação, v.8, n.53, Brasil, 2022.

GALLEGO-GÓMEZ, J. I.; CAMPILLO-CANO, M.; CARRIÓN-MARTÍNEZ, A.; BALANZA, S.; RODRÍGUEZGONZÁLEZ-MORO, M. T.; SIMONELLI-MUÑOZ, A. J., et al. The COVID-19 Pandemic and Its Impact on Homebound Nursing Students. Int. J. Environ. Res. Public Health. 2020; 17(20):7383. https://doi.org/10.3390/ijerph17207383

GIL, Antônio C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2008.

GIL, Antônio C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

GOMES, Marquiana de Freitas Vilas Boas et al. Ensino remoto emergencial no contexto da pandemia da covid - 19: trabalho e formação do professor de geografia no Paraná. Revista Pegada, vol. 21, n.3, 2020. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/pegada/article/download/7817/pdf. Acesso em: 13 set. 2022.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – Pnad Contínua, edição de 2018, trimestre 4 (questionário suplementar de TIC). Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/17270-pnad-continua.html?=&t=microdados. Acesso em: 15 nov. 2021.

MAIA, B.R.; DIAS, P. C. Ansiedade, depressão e estresse em estudantes universitários: o impacto da COVID-19. Estudos de Psicologia (Campinas), vol. 37, e200067, 2020.Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-166X2020000100504&script=sci_arttext. Acesso em: 29 de abr. de 2024.

MALHOTRA, N. Pesquisa e orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman, 2006.

MARTINS, A. B. T.; FALCÃO, C. DE S. V.; PEREIRA, ÁLVARO M. C.; CARVALHO, J. Q.; DIOGO, J. DE L.; ELOY, Y. R. G.; ABDON, A. P. V. Sentimento de angústia e isolamento social de universitários da área da saúde durante a pandemia da COVID-19 Feeling of anguish and social isolation among undergraduate healthcare students during the COVID-19 pandemic Sentimiento de angustia e aislamiento social de universitarios del área de la salud. Rev Bras Promoç Saúde, v. 33, n. 11444, p. 11444, 2020.

NASCIMENTO, P. M.; RAMOS, D. N.; DE MELO, A. A. S.; CASTIONI, R. Acesso domiciliar à internet e ensino remoto durante a pandemia. Brasília: Ipea, 2020 (Nota Técnica Disoc n. 88/2020).

PEINADO, J.; VIAMMA, F. R. P. M.; MENEGHETTI, F. K. O Ensino Remoto Emergencial na Pandemia na Percepção dos Estudantes de uma Universidade Pública no Sul do Brasil. EaD em Foco, v. 12, n. 1, e1658, 2022. doi: https://doi.org/10.18264/eadf.v12i1.1658.

PEIXOTO, J.; ARAUJO, C. H. S. Tecnologia e educação: algumas considerações sobre o discurso pedagógico contemporâneo. Educ. Soc. vol.33 no.118 Campinas Jan./Mar.2012, p.4. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302012000100016&script=sci_arttext. Acesso em: 01 set 2022.

RESENDE, M. S.; VAZ, W. F. Sistemas de Informação e Ensino Remoto: A Percepção dos Estudantes do Ensino Superior. IV Congresso Nacional de Pesquisa Multidisciplinar. UNIFIMES, Mineiros-GO, 2022.

RIEDNER, D. D. T.; MACIEL, C. E.; RUAS, K. C. S. Políticas e ações institucionais para o Ensino Remoto Emergencial na Educação Superior. REVELLI, Vol. 13. 2021. Dossiê qualidade e inovação da/na educação: concepções, possibilidades e desafio ISSN 1984-6576.

ROCHA, D. M.; SILVA. S. S.; DE ABREU, I. M.; MENDES, P. M.; LEITE, H. D. C. S.; FERREIRA, M. C. S. Efeitos psicossociais do distanciamento social durante as infecções por coronavírus: revisão integrativa. Acta Paulista de Enfermagem, v. 34, p. eAPE01141, 2021.

SANTOS, D. S.; SILVA, P. H. S.; DOS SANTOS, U. P. P.; SOUZA, T.; SANTOS, M.; SILVA, J. C. S. Impactos emocionais e fisiológicos do isolamento durante a pandemia de COVID-19. Enfermería Actual de Costa Rica [online]. 2021, n. 40, 41929. ISSN 1409-4568. http://dx. doi. org/10.15517/revenf. v0i40. 41929.

SANTOS, E. O.; CARVALHO, F. S. P.; PIMENTEL, M. Mediação docente online para colaboração: notas de uma pesquisa-formação na cibercultura. Campinas, SP, Educação Temática Digital, v. 18, n. 2, p. 23-42, 2016.

SANTOS, E. Pesquisa-formação na cibercultura. Teresina: EDUFPI, 2019.

SANTOS, I. T. R.; SANTOS, A. R. TECNOLOGIA E ENSINO REMOTO NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO DO CAMPO. Revista Humanidades e Inovação v.8, n.63, 2021. Disponível em: file:///C:/Users/Wellington/Downloads/4312-Texto%20do%20artigo-22543-1-10-20220309.pdf. Acesso em: 18 set 2022.

SAVITSKY, B.; FINDLING, Y.; ERELI, A.; HENDEL, T. Anxiety and coping strategies among nursing students during the covid-19 pandemic. Nurse Education in Practice. 2020; 46:102809. https://doi.org/10.1016/j.nepr.2020.102809.

SILVA, A. C. O.; SOUSA, S. A.; MENEZES, J. B. F. O ensino remoto na percepção discente: desafios e benefícios. Dialogia, São Paulo, n. 36, p. 298-315, set./dez. 2020.

SILVA, A. O.; GITAHY, R. R. C. O ensino remoto e a aprendizagem dos discentes em tempos de Covid-19: o discurso dos docentes de uma instituição de ensino do estado do Paraná. Research, Society and Development, v. 11, n. 2, e30711224824, 2022 (CC BY 4.0) | ISSN 2525-3409 | DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v11i2.24824.

SILVA, M.; SANTOS, E. Avaliação da aprendizagem em educação "online": Fundamentos, interfaces e dispositivos, relatos de experiências. 2ª Edição. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

SILVA, N. A.; SILVA, D. S.; GOMES, E. S. C.; FERRO, J. S.; DOS SANTOS, C. B. O uso de ferramentas digitais no ensino remoto durante a pandemia. VII Congresso Nacional de Educação - CONEDU, 2021. Disponível em: https://editorarealize.com.br/editora/anais/conedu/2021/TRABALHO_EV150_MD1_SA101_ID2757_30092021114054.pdf. Acesso em 20 set 2022.

TOZONI-REIS, M. F. C. Metodologia da pesquisa científica. Curitiba: IESDE, 2007.

WEBER, D. J.; ALVES, E. J. (RE)pensando a Formação Docente: o que o Ensino Remoto Emergencial Diz sobre a Formação do professor? EaD Em Foco, v. 12, n. 1, 2022. DOI: https://doi.org/10.18264/eadf.v12i1.1632.

Downloads

Publicado

2024-06-07

Como Citar

SOUSA, B. D. M. de; ANJOS, D. S. C. dos. Ensino Remoto Emergencial durante a pandemia da covid-19: a percepção dos discentes do curso de licenciatura em química do IFSertãoPE, campus Petrolina. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 838–856, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i2.960. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/960. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Humanas - Artigos