Distribuição de bolsas de Extensão, por área temática, no IF Sertão-PE em 2016 e 2017

Autores

  • Suzana de Mendonça Rodrigues IFSertãoPE
  • Ricardo Barbosa Bitencourt IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v7i3.83

Palavras-chave:

Projetos de extensão, PIpBEX, Direitos humanos e justiça

Resumo

Este estudo apresenta a distribuição de projetos financiados pelo Programa Institucional de Projetos e Bolsas de Extensão, referentes às seleções realizadas pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura do IF Sertão-PE, por meio dos editais de nº 12/2016 e 47/2017. O objetivo central é avaliar de que forma se dá a distribuição dos projetos pelas oito áreas temáticas da extensão, a fim de que, sejam observadas as áreas que necessitam de políticas direcionadas para serem trabalhadas pela instituição. Para a realização deste trabalho realizou-se pesquisa bibliográfica e documental, bem como visitas a sites de internet. A pesquisa visa quantificar a distribuição dos projetos e tem cunho exploratório, pois visa identificar o problema para saná-lo. Notou-se que, as bolsas de extensão estão sendo distribuídas, sobretudo para as áreas de Tecnologia e Produção e de Educação, enquanto as áreas de Direitos Humanos e Justiça, Comunicação e Cultura carecem de intervenção para serem mais abrangidas. É necessário, levar em consideração as necessidades da localidade e o panorama de investimentos já realizados nas distintas áreas.

Biografia do Autor

Suzana de Mendonça Rodrigues, IFSertãoPE

Bacharela em Turismo pela Universidade Federal de Sergipe. Tecnóloga em Eventos no IF Sertão-PE.

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1988).Promulgada em 05 de outubro de 1988. Disponível em: https://goo.gl/r5RWGBAcesso em: 30/11/2017.

_________. Ministério Da Educação. ProExt– Apresentação. Disponível em: https://goo.gl/CWfFNSAcesso em: 29/11/2017.

________. Ministério do Meio Ambiente. Sustentabilidade na Administração Pública A3P e gestão Socioambiental. Brasília, DF: Ministério do Meio Ambiente, 2014. (Apostila) curso Sustentabilidade na Administração Pública.

________. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ODM ao ODS. Disponível em: http://www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/post-2015.html. Acesso em: 30/11/2017.

BRASIL. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Redução das desigualdades. Disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/. Acesso em: 04/12/2017.

__________. Paz, justiça e instituições eficazes. Disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/. Acesso em: 04/12/2017.

__________. Trabalho descente e crescimento econômico. Disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/. Acesso em: 04/12/2017.

CERVO, A. L; BERVIAN, P. A. Metodologia científica.4. Ed. São Paulo: Makroon Books, 1996, p. 5-19.

CONIF -CONSELHO NACIONAL DAS INSTITUIÇÕES DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. Extensão Tecnológica: Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. FÓRUM DE EXTENSÃO DA REDE DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA; Brasília, 2013. Disponível em:https://goo.gl/GfCQfh.Acesso em: 29/11/2017.

DENCKER, Ada de Freitas Maneti. Pesquisa Empírica: base para a construção do conhecimento científico. 2011. In: XXXIV CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 34, 2011, Recife. Anais: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. Recife, 2001. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2011/resumos/R6-0839-1.pdf. Acesso em: 23/08/2017.

ESTÊVÃO. C. A. V. Educação, justiça e direitos humanos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n.1, p. 85-101, jan./abr. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v32n1/a06v32n1. Acesso em: 18/08/2017.

INSTITUTO FEDERAL DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Programa Institucional de bolsas de Extensão–PIBEX: edital 12/2016, chamada para seleção de bolsistas de Extensão para o período de 1º de julho de 2016 a 30de junho de 2017. Resultado final. Disponível em: http://www.ifsertao-pe.edu.br/images/Pro-Reitorias/Proext/Pibex/2016/Resultado_Final_PIBEX_2016.pdf. Acesso em: 28/11/2017.

_________________. Resultado final Pibex 2ª chamada–edital 12/2016. Disponível em: https://goo.gl/KVUqLC. Acesso em: 28/11/2017.

_________________. Programa Institucional de Projetos e Bolsas de Extensão – edital 47/2017. Disponível em: https://goo.gl/5EgCwB. Acesso em 28/11/2017.

_________________. Programa Institucional de Projetos e Bolsas de Extensão – edital 32/2018. Disponível em: https://www.ifsertao-pe.edu.br/images/Pro-Reitorias/Proext/Editais/PipbexDireitosHumanos/Edital%20PIpBEX%20%20Direitos%20Humanos%20Arte%20e%20Cultura%20para%20Publicar.pdf. Acesso em: 21/03/2020.

PRODANOV, Cleber Cristiano. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. – Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

TAVARES, Moacir Gubert. Institutos federais de educação, ciência e tecnologia: novos desafios para a rede federal. X ANPED SUL, Florianópolis, outubro de 2014. Disponível em: http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/503-0.pdfAcesso em: 04/12/2017.

ZUANON, A. C. C. Carta ao Leitor. Rev. Ciênc. Ext. v.6, n. 1, p.1, 2010. Disponível em: http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/article/view/460/0Acesso em: 04/12/2017.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

RODRIGUES, S. de M. .; BITENCOURT, R. B. . Distribuição de bolsas de Extensão, por área temática, no IF Sertão-PE em 2016 e 2017. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 7, n. 3, p. 342–351, 2019. DOI: 10.31416/rsdv.v7i3.83. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/83. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas - Artigos