Monitoramento de mosca-minadora Liriomyza sp. (Diptera:Agromyzidae) em meloeiro e levantamento de seus possíveis inimigos naturais no município de Floresta, Pernambuco

Autores

  • Natália de Menezes Gomes Ferraz Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - Campus Floresta; Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias
  • Lucas Matheus Monteiro dos Santos Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Serra
  • Leandro José Uchôa Lemos IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v8i3.35

Palavras-chave:

Agronomia, Entomologia, Amostragem, Controle biológico, Melão

Resumo

Dentre os insetos-pragas que limitam a produtividade do meloeiro estão as moscas-minadoras do gênero Liriomyza. A maioria dos produtores adotam o controle químico para reduzir a incidência dessa praga nos plantios, porém o uso indiscriminado desse método pode causar vários problemas de ordem ecológica, econômica e social. Uma alternativa para o manejo desta praga é o controle biológico com o uso de parasitoides. Portanto, este trabalho teve como objetivos: identificar a espécie mais importante de mosca-minadora para o município de Floresta-PE; monitorar a sua densidade populacional durante todo o ciclo da cultura; verificar a ocorrência de inimigos naturais (parasitoides), bem como sua taxa de parasitismo para seleção dos mais promissores e verificar a melhor época de liberação conforme a fenologia da cultura. Os experimentos foram conduzidos em duas áreas comerciais de meloeiro localizadas nos arredores de Floresta-PE, onde selecionou-se de forma randomizada 30 plantas para amostragem de larvas presentes nas folhas. Foram analisadas 30 folhas para verificação da emergência tanto de Liriomyza quanto de parasitoides para posterior identificação e contabilização. Os levantamentos ocorreram semanalmente até a colheita e totalizaram sete por área. Os dados das amostragens de minadora foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (5%). Os dados da taxa de parasitismo foram sujeitos a uma fórmula específica. De acordo com os resultados obtidos, a espécie de mosca-minadora que predomina na localidade em questão é a Liriomyza sativae, sendo a sua maior ocorrência nos estágios iniciais da cultura do meloeiro. Dentre os inimigos naturais, os mais abundantes e com maior taxa de parasitismo foram os da família Eulophidae e a melhor época de liberação dos mesmos é entre a segunda e a terceira semana após o plantio.

Biografia do Autor

Natália de Menezes Gomes Ferraz, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - Campus Floresta; Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias

Graduanda em Engenharia Agronômica

 

Lucas Matheus Monteiro dos Santos, Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Serra

Graduando em Agronomia

Leandro José Uchôa Lemos, IFSertãoPE

 Engenheiro Agrônomo/Doutor em Entomologia

Referências

AGROFIT. Agrofit: Sistema de agrotóxicos fitossanitários. Disponível em: http://extranet.agricultura.gov.br/agrofit_cons/principal_agrofit_cons. Acesso em 16 maio. 2015.

ALBA, M. D. A. Leafminers management. In: Biopesticides obtained from plants, another result from coevolution. Current situation and usefulness. Fundación Cajamar, 2014, p. 303-328.

ALENCAR, J.A.; HAJI, F.N.P.; ALENCAR, P.C.G.; SILVA NETO, C.R. Dinâmica populacional de Liriomyza sativae em melão em condições semiáridas do Nordeste Brasileiro. In: XIX Congresso Brasileiro de Entomologia., Manaus, Anais do XIX Congresso Brasileiro de Entomologia, Manaus: SEB, 2002. P. 177.

ARAÚJO, E. L.; FERNANDES, D. R. R.; GEREMIAS, L. D.; NETTO, A. C. M.; FILGUEIRA, M. A. Mosca minadora associada à cultura do meloeiro no semiárido do Rio Grande do Norte. Revista Caatinga(Mossoró, Brasil), v.20, n.3, p.210-212. 2007.

AZEVEDO, F. R.; GUIMARÃES, J. A.; TERAO, D.; PINHEIRO NETO, L. G.; FREITAS, J. A. D. Distribuição vertical de minas de Liriomyza sativae Blanchard, 1938 (Diptera: Agromyzidae) em folhas do meloeiro, em plantio comercial. Revista Ciência Agronômica, v.36, n.3, p. 322-326, 2005.

BJORKSTEN,T.A.;ROBINSON,M.;LASALLE,J.Speciescompositionandpopulation dynamics of leafmining flies and their parasitoids in Victoria. Australian Journal of Entomology (2005) 44, 186–191.

CENTRAL SCIENCE LABORATORY,UK,2004.Protocol for the diagnosis of quarantine organisms: Liriomyza spp (L. sativae, L. trifolii, L. huidobrensis, L. bryoniae).Disponível em: http://www.fera.defra.gov.uk/plants/plantHealth/pestsdiseases/documents/protocols/liriomyza.pdf. Acesso em: 26 mai. 2015.

COSTA, E. M. Aspectos do manejo integrado da mosca-minadora e conservação de polinizadores em meloeiro. 2016. 79 f. Dissertação (Doutorado em Fitotecnia) -Universidade Federal Rural do Semiárido, Mossoró. 2016.

COSTA LIMA,T.C.;GEREMIAS,L.D.;PARRA,J.R.P. Efeito da temperatura e umidade relativa do ar no desenvolvimento de Liriomyza sativae Blanchard (Diptera: Agromyzidae) em Vigna unguiculata. Neotrop. entomol., Londrina,v. 38, n. 6, p. 727-733,Dec.2009.

COSTA-LIMA,T.C. Bioecologia e competição de duas espécies de parasitoides neotropicais (Hymenoptera: Braconidae e Eulophidae) de Liriomyza sativae Blanchard, 1938 (Diptera: Agromyzidae). 2011. Tese (Doutorado em Entomologia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011.

COSTA-LIMA,T.Cda;SILVA,A.deC;PARRA,J.R.P. Moscas-minadoras do gênero Liriomyza (Diptera: Agromyzidae): aspectos taxonômicos e biologia. Petrolina: Embrapa Semiárido,2015. (Embrapa Semiárido. Documentos,268). Disponível em: <https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/1040146/1/SDC268.pdf>. Acesso em: 13 junho 2020.

COSTA-LIMA,T.C.;COSTA,V.A.;CHAGAS,M.C.M.;PARRA,J.R.P.Perspectivesof Liriomyza biological control in Brazil. In: INTERNATIONAL CONGRESS OF ENTOMOLOGY, 25., 2016, Orlando. Abstracts... Annapolis: Entomological Society of America, 2016. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/157294/1/Tiago-2016.pdf. Acesso em: 19 jun. 2020.

CRUZ, C. A.; OLIVEIRA, A.M.; RIBEIRO, L. C.; OLIVEIRA, J. C. L. Ocorrência de parasitismo por Opius sp. (Hymenoptera, Braconidae) no gênero Liriomyza (Diptera: Agromyzidae). Pesquisa em Andamento/PESAGRO, Rio de Janeiro, v. 48, p.1-2, 1988.

FERNANDES, O. A. 2004. Melão - Campo Minado. Revista Cultivar23: 26-27.

FERREIRA,E.C.B.Estrutura genética de populações naturais de Liriomyza sativae (Diptera: Agromyzidae). 2014. 32f. Dissertação (Mestrado em Entomologia Agrícola) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.

GUIMARÃES,J.A.;AZEVEDO,F.R.;SOBRINHO,R.B.;MESQUITA,A.L.M. Recomendações para o Manejo das Principais Pragas do Meloeiro na Região do Semi-Árido Nordestino. Fortaleza: Embrapa Agroindústria Tropical, 6 p. (Embrapa Agroindústria Tropical. Comunicado Técnico, 107), 2005.

GUIMARÃES,J.A.;SOBRINHO,R.B.;AZEVEDO,F.R.;ARAUJO,E.L.;TERAO,D.; MESQUITA, A. L. 2008. Manejo Integrado de Pragas do Meloeiro. In: BRAGA SOBRINHO R, GUIMARÃESJA;SOUZAJAD;TERAOD(Org.).Produção Integrada de Melão. Fortaleza, CE: Embrapa Agroindústria Tropical. p. 183-206.

GUIMARÃES, J. A.; FILHO, M. M.; OLIVEIRA, V. R.; LIZ, R. S. de; ARAUJO, E. L. Biologia e manejo de mosca minadora no meloeiro. Comunicação Cientifica EMBRAPA, 2009.

GUIMARÃES,J.A.;OLIVEIRA,V.R.;MICHEREFF,M.;LIZ,R.S.OcorrênciadaMosca minadora sul-americana e seus himenópteros parasitóides em meloeiro no Distrito Federal. Hortic. bras., v. 28, n. 2 (Suplemento -CD Rom), julho 2010.

HERNÁNDEZ, R.; GUO, K.; HARRIS, M.; LIU, T. X. Effects of selected insecticides on adults of two parasitoid species of Liriomyza trifolii: Ganaspidium nigrimanus (Figitidae) and Neochrysocharis formosa (Eulophidae). Insect Science, v. 18, p. 512–520, 2011.

LA SALLE, J.; PARRELLA, M. P. 1991. The Chalcidoid Parasites (Hymenoptera: Chalcidoidea) of Economically Important Liriomyza species (Diptera: Agromyzidae) in North America. Proc. Entomol. Soc. Washington, v.93, n. 3, p.571-591, 1991.

LEITE,G.L.D.;PICANÇO,M.;JHAM,G.N.;MARQUINI,F.IntensidadedeTutaabsoluta (Meyrick,1917)(Lepidoptera: Gelechiidae) e Liriomyza spp. (Diptera: Agromyzidae) ataca Lycopersicum esculentum Mill. Folhas. Ciênc. agrotec., Lavras, v. 28, n. 1, p. 42-48, fevereiro de 2004.

LIMA,M.A.A.Resistência de genótipos de meloeiro a mosca-minadora Liriomyza sativae (Blanchard,1938) (Diptera: Agromyzidae).2012.120f. Tese (Doutorado em Entomologia) – Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2012.

MURPHY,S.;LASALLE,J.1999.Balancing biological control strategies in the IPM of New World invasive Liriomyza leafminers in field vegetable crops. Biocontrol News and Information. Wallingford, v. 20, n. 3, p. 91-104, 1999.

MUSGRAVE,C.A.;POE,S.L.;BENNETT,D.R. Leafminer population estimation in polycultured vegetables. Proc. Fla. State Hortic. Soc, v.88, p.156-160, 1975.

NASCIMENTO NETO, J. R. Formas de aplicação e doses de nitrogênio e potássio no cultivo de meloeiro amarelo.2011.77f. Dissertação (Mestrado em Irrigação e Drenagem) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.

PALUMBO,J.C.;MULLIS,C.H.;REYERS,F.J. Composition, seasonal abundance, and parasitism of Liriomyza (Diptera: Agromyzidae) species on lettuce in Arizona. Hortic. Entomol. 87: 1070–1077. 1994.

PARRA,J.R.PP.S.M.BOTELHO,B.S.CORRÊA-FERREIRA,J.M.S.BENTO(Eds.)2002. Controle biológico no Brasil: parasitóides e predadores. São Paulo: Manole, 1-16.

RAMALHO, F. S.; MOREIRA, J. O. T. Algumas moscas-minadoras (Diptera: Agromyzidae) e seus inimigos naturais do trópico semi-árido do Brasil. Ciência e Cultura. V.31, p.8-9, 1979.

RIBEIRO, L. P.; SAUSEN, C. D.; EGEWARTH, R.; STURZA, V. S.; DEQUECH, S. B. Flutuação populacional de Liriomyza sp. (Diptera: Agromyzidae) e parasitoides em cultivo de feijão-de-vagem em estufa plástica. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 16., 2007, Pelotas. Anais... Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2007. 1 CD-ROM.

SALES JÚNIOR, R.; DANTAS, F. F.; SALVIANO, A. M.; NUNES, G.H.S. Qualidade do melão exportado pelo porto de Natal-RN. Ciência Rural, Santa Maria, v. 36, p.286-289, 2006.

SAS Institute 2001. SAS user’s guide: statistics, version 8.2. SAS Institute, Cary, NC computer program, version By SAS Institute.

SILVA, R. K. B. 2008. Técnicas de criação e aspectos do parasitismo de Opius sp.(Hymenoptera: Braconidae) sobre a mosca minadora Liriomyza trifolii (Diptera: Agromyzidae) em meloeiro. Mossoró, Dissertação de Mestrado, UFERSA, 51p.

SPENCER, K. A.; STEYSKAL, G. C. 1986. Manual of the Agromyzidae (Diptera) of the United States. U.S. Department of Agriculture, Agriculture Handbook, n. 638. 478 p.

STRAKHOVA, I. S.; YEFREMOVA, Z. A.; VON TSCHIRNHAUS, M.; YEGORENKOVA, E. N. The parasitoid complex (Hymenoptera, Eulophidae) of leafminer flies (Diptera, Agromyzidae) in the Middle Volga Basin. Entomological Review, v. 93, n. 7, 2013.

WHARTON,R.A. et al. Manual of the new World Genera of the Family Braconidae (Hymenoptera). Special Publications of International Society of Hymenopterists. n.1,p.439, 1997.

ZHANG, R. J.; YU, D. J.; ZHOU, C. Q. Effect of temperature on certain population parameters of Liriomyza sativae Blanchard (Diptera: Agromyzidae). Entomol Sin 7: 185-192. 2000.

Downloads

Publicado

2021-05-01

Como Citar

FERRAZ, N. de M. G. .; SANTOS, L. M. M. dos; LEMOS, L. J. U. Monitoramento de mosca-minadora Liriomyza sp. (Diptera:Agromyzidae) em meloeiro e levantamento de seus possíveis inimigos naturais no município de Floresta, Pernambuco. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 501–512, 2021. DOI: 10.31416/rsdv.v8i3.35. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/35. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos