Fissuras em aterros sobre solos moles: abordagens, mecanismo e influências

Autores

  • Alison de Souza Norberto UFPE
  • Antônio Italcy de Oliveira Júnior UFPE
  • Leila Brunet de Sá Beserra UFPE
  • Leonardo José do Nascimento Guimarães UFPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i2.1033

Palavras-chave:

Fissuaras, Aterros, Comportamento geomecânico, estabilidade, solos moles

Resumo

Este trabalho aborda a ocorrência de fissuras em aterros construídos sobre solos moles, um fenômeno complexo com relevância significativa na engenharia geotécnica. A presença de tais fissuras pode comprometer a estabilidade e segurança das estruturas geotécnicas, acarretando consequências adversas as obras. O estudo teve como objetivo realizar uma revisão de literatura e comparar com um estudo de caso ocorrido em Pernambuco, visando compreender os processos e mecanismos associados à formação de fissuras de tração em aterros sobre solos moles. Foram consultadas diversas fontes de referência, totalizando aproximadamente 120 publicações, dentre estas, 47 artigos foram selecionados para as análises. As análises evidenciaram os principais mecanismos de formação de fissuras em solos moles, seu comportamento geomecânico e influência no fator de segurança (FS) da estabilidade de taludes. Dos resultados, foram verificados que a ocorrência de fissuras em aterros sobre solos moles é frequente em áreas de baixada litorânea no Brasil, como em cidades litorâneas dos estados de Pernambuco e Rio de Janeiro. O estudo destaca a importância de considerar a possibilidade da formação de fissuras em aterros sobre solos moles na análise de estabilidade. Verificou-se ainda que parâmetros como altura do aterro, espessura da camada de solo mole e resistência dos solos são elementos cruciais para a compreensão do processo de formação de fissuras. A comparação com o caso estudado na presente pesquisa ressalta a relevância desses trabalhos para a engenharia geotécnica e a segurança das estruturas construídas sobre solos moles.

Biografia do Autor

Alison de Souza Norberto, UFPE

Possui Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco/CAA (2017) e Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental (PPGECAM) pela Universidade Federal de Pernambuco/CAA (2019). Atualmente é Doutorando em Engenharia Civil, na área de Geotecnia, pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), membro do Laboratório de Métodos Computacionais em Geomecânica (LMCG) e Engenheiro Geotécnico na TPF Engenharia desde 2021. Possui experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Geotecnia, onde realiza pesquisas nos seguintes temas: Barragens, fundações, aterros sanitários, estabilidade de taludes, camadas de coberturas de aterros de RSU, resistência ao cisalhamento em RSU e solos moles.

Antônio Italcy de Oliveira Júnior, UFPE

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Cariri (2015) e mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (2018). Atualmente é bolsista de doutorado facepe da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Geotecnia, atuando principalmente nos seguintes temas: Geotecnia Ambiental, Solos Não Saturados, Resíduos Sólidos Urbanos, Resíduos da Mineração e Construção Civil, Estabilidade de Taludes, Geoprocessamento, Hidrologia, Aterros Sanitários, Pilha de Disposição de Estéreis e Rejeitos, Barragens e Segurança de Barragens.

Leila Brunet de Sá Beserra, UFPE

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Paraíba (2007), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (2010) e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (2015). Atualmente é professora adjunto da da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Geomecânica de Reservatórios de Petróleo, atuando principalmente nos seguintes temas: elementos finitos e descontinuidades fortes

Leonardo José do Nascimento Guimarães, UFPE

Graduado em Engenharia Civil pela UFPE (1994), Mestrado em Engenharia Civil pela COPPE/UFRJ (1996) e Doutorado em Ingeniería de Caminos, Canales y Puertos pela Univeritat Politecnica de Catalunya (2002). Atualmente sou professor titular da Universidade Federal de Pernambuco. Com experiência nas áreas de Engenharia Geotécnica e de Petróleo. Coordeno o Laboratório de Métodos Computacionais em Geomecânica (LMCG) no qual faz parte o Laboratório de Geomecânica (LGEOMEC), que desde 2003 desenvolve projetos de pesquisa no âmbito de Estudo da Integridade Geomecânica e Geoquímica de Formações Geológicas; Estudo do Comportamento de Solos Colapsíveis e Expansivos: Efeitos químicos e fissuras por dissecação; Formulações Especiais do Método dos Elementos Finitos para Modelagem do Fraturamento Hidráulico; Modelagem de Fluxo de Fluidos em Reservatórios de Petróleo Deformáveis; Modelagem Geomecânica de Meios Naturalmente Fraturados; entre outras linhas de pesquisa nas áreas de Engenharia Civil e de Geomecânica de Solos e Reservatórios de Petróleo. Desde janeiro de 2010 recebeu da Energi Simulation, fundação localizada em Calgary (Alberta, Canadá), uma (Chair) Cátedra Industrial em Simulação de Reservatórios, cujo título é: Reservoir Modeling and Robust Optimization.Mentor da Startup SIM, do Polotec e Criativo da UFPE. Coordenador da Unidade Embrapii em Petróleo, Energia e Meio Ambiente do LITPEG/UFPE

Referências

ALMEIDA, M. S., & MARQUES, M. E. S. Aterros sobre solos moles: projeto e desempenho. Oficina de Textos, 2010.

AMIN, P., GHALIBAF, M. A., & HOSSEINI, M. Land subsidence and soil Csacks monitoring by surveying on the clayey plain soils in Central Iran (case study: Yazd City), 2019.

AOKI, K., DONG, N.H., KANEKO, T. Representation Method for Csacks on Drying 3D Solid by Physical Model. Electronics and Communications. Japan 90 (Part 3), 50–59, 2007.

ARAÚJO, A. G. D. D. Análise do processo de fissuras e do comportamento de estacas granulares ancoradas submetidas a secagem e umedecimento em solo expansivo. Tese de doutorado, UFPE, Recife, 2020.

BELLO, M. I. M. Estudo de ruptura em aterros sobre solos moles: Aterro de galpão localizado na BR-101/PE. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Pernambuco. UFPE. Recife, 2004.

BUDHU, M. Soil mechanics fundamentals. John Wiley & Sons, 2015

CASAGRANDE, A. An Unsolved Problem of Embankment Stability on Soft Ground. Proceedings of the 1st Panamerican Conference on Soil Mechanics and Foundation Engineering, Mexico, 1959, Vol. 2, pp. 721-746. 1960.

CERUTTI, R. Análise de estabilidade e recalques de um aterro sobre solo mole–estudo de caso. TCC -UNESC, 2011.

CHIRAPUNTU, S., & DUNCAN, J. M. The role of fill strength in the stability of embankments on soft clay foundations (Vol. 9). WES, 1976.

COBE, E. P. Comportamento de um aterro construído sobre solo mole e sua influência no estaqueamento adjacente (Doctoral dissertation, PUC-Rio), 2017.

DA SILVA, F. K., MENEGUCCI, J. J., GODOI, C. S., & DA SILVA BARBOSA, C. Aterros Sobre Solos Moles: Estudo de caso em Projeto de Acesso Multimodal. In XII Simpósio de Práticas de Engenharia Geotécnica da Região Sul, 2019.

DASCAL, O., TOUMIER, J. P., TAVENAS, F. AND LAROCHELLE, P. Failure of a Test Embankment on Sensitive Clay. Proceedings ASCE Specialty Conference on Earth and Earth-Supported Structures, Purdue University, Vol. 1, June, pp. 129-158, 1972.

DE BRITO TABAJARA, J., SARDINHA, M. F. P., GERSCOVICH, D. M. S., & PACHECO, M. P. Impacto da Interpretação do Perfil de Resistência Não Drenada em Estudos de Estabilidade de Aterros sobre Solos Moles, 2020.

DUNCAN, J. MI., WRIGHT, S. G., BRANDON, T. L. Soil strength and slope stability. John Wiley & Sons, 2014.

EIDE, O. & HOLMBERG, S. Test Fills to Failure on the Soft Bangkok Clay. Proceedings of the ASCE Specialty Conference on Performance of Earth and Earth-Supported Structures, Purdue Univ., Vol. 1, June, pp. 159-180, 1972.

EIDE, O. & HOLMBERG, S. Test Fills to Failure on the Soft Bangkok Clay. Proceedings of the ASCE Specialty Conference on Performance of Earth and Earth-Supported Structures, Purdue Univ., Vol. 1, June, pp. 159-180, 1972.

EIDE, O. Undrained Shear Strength of Bangkok Clay. Proceedings of the Geotechnical Conference Oslo 1967, Oslo, Vol. 2, pp. 133-135, 1968.

FERREIRA, S. R. D. M., & FERREIRA, M. D. G. D. V. X. Mudanças de volume devido à variação do teor de água em um vertissolo no semiárido de Pernambuco. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 33, 779-791, 2009.

FREITAS, B. A. D. Análise numérica do comportamento do aterro sobre solo mole executado na obra do Hospital da Mulher do Recife-PE (Master's thesis, Universidade Federal de Pernambuco). 2009.

GOLDER, H.Q. AND PALMER, D.J. Investigation of a Bank Failure at SCsapsgate. Isle of Sheppey, Kent, Geotech., Vol. 5, No. 1, March, pp. 55-73. 1955.

GUIMARÃES, L., GENS A., SÁNCHEZ, M., OLIVELLA, S. A chemo-mechanical constitutive model accounting for cation exchange in expansive clays. Géotechnique, Volume 63(3): 221 –234. 2013.

HORGAN, G.W., YOUNG, I.M. An empirical stochastic model for the geometry of two dimensional Csack growth in soil (with discussion). Geoderma 96, 263–276, 2020.

LADD, C. C. Test Embankment on Sensitive Clay. Proc. of the ASCE Specialty Conf. on Earth and Earth-Supported Struc., Purdue University, Vol. 1, June, pp. 101-128, 1972.

LADD, C. C., ALDRICH, H. P. JR. AND JOHNSON, E. G. Embankment Failure on Organic Clay. Proc. of the 7th International Conf. on Soil Mech. and Found. Engrg., Mexico City, 1969, Vol. 2, pp. 627-634, 1969.

LI, Z.W., YANG, X.L., LI, T.Z. Static and seismic stability assessment of 3D slopes with Cracks. Eng. Geol. 265, 105450, 2020.

LO, K.Y. & STERMAC, A.G. Failure of An Embankment Founded on Varved Clay. Canadian Geotech. Jour., Vol. 2, No. 3, pp. 234-253, 1965.

MACHADO, L. V. D. S. S. Avaliação do deslocamento vertical de aterro sobre solo mole executado no projeto de duplicação da BR-101/PE (Master's thesis), 2012.

MAEDO, M., SÁNCHEZ, M., ALJEZNAWI, D., MANZOLI, O., GUIMARÃES, L. J., & CLETO, P. R. Analysis of soil drying incorporating a constitutive model for curling. Acta Geotechnica, 15, 2619-2635, 2020.

MASSOCCO, N. S. Análise de estabilidade de um aterro sobre solo mole e medidas de melhorias nas condições do solo. Revista de Engenharia Civil IMED, 4(1), 81-96, 2017.

MUSIELAK, G., SLIWA, T. Modeling and numerical simulation of clays Cracking during drying. Dry. Technol. 33, 1758–1767, 2015.

ORTIGÃO, J. A. R. Aterro experimental levado à ruptura sobre argila cinza do Rio de Janeiro. Relatório de pesquisa–Instituto de Pesquisas Rodoviárias, DNER, Brasil, 1980.

PAIVA, S. C. Estudo do Comportamento Geomecânico dos Solos Expansivos dos Municípios de Cabrobó, Paulista e Ipojuca/PE e de suas Misturas com Cal. Tese de Doutorado da Universidade Federal de Pernambuco, Recife/PE, 168p. 2016.

PALMEIRA, E. M., FAHEL, A., & ORTIGÃO, J. A. R. Aterros Reforçados com Geossintéticos Sobre Solos Moles. Geossintéticos’ 99, 2. 1999.

PARRY, R. H. G. AND MACLEOD, J. H. Investigation of Slip Failure in Flood Levee at Launceston, Tasmania. Proceedings of the 5th Australia- New Zealand Conference on Soil Mechanics and Foundation Engineering, Auckland, 1967, pp. 294-300, 1967.

PERBONI, J. P. Análise de estabilidade e de compressibilidade de aterros sobre solos moles-caso dos aterros de encontro da ponte sobre o Rio dos Peixes (BR 381), 2003.

PILOT, G. Study of Five Embankment Failures on Soft Soils. Proceedings of the ASCE Specialty Conference on Performance of Earth and Earth-Supported Structures, Purdue University, Vol. 1, June, pp. 81-100, 1972.

PRAKASH, A., BORDOLOI, S., HAZRA, B., GARG, A., SREEDEEP, S., & WANG, Q. Probabilistic analysis of soil suction and Csacking in fibre-reinforced soil under drying–wetting cycles in India. Environmental Geotechnics, 6(4), 188-203, 2019.

RODRÍGUEZ, R., SÁNCHEZ, M., LLORET, A. & LEDESMA, A. Experimental and numerical analysis of a mining waste desiccation. Canadian Geotechnical Journal. vol. 44 pp 644-658, 2007.

SÁNCHEZ, M., GENS, A. GUIMARÃES, L., & OLIVELLA, S. Implementation Algorithm Of A Generalized Plasticity Model For Swelling Clays. Computer And Geotechnics. Vol. 35 (6): 860-871. 2008.

SÁNCHEZ, M.; MANZOLI, O. L.; GUIMARÃES, L. J.N. Modeling 3-D desiccation soil Csack networks using a mesh fragmentation technique. Computers and Geotechnics, v. 62, p. 27-39, 2014.

SILVA, L. D. S. M. D. Análise tridimensional de taludes em solos moles. Dissertação – UERJ, 2021.

SOUZA NETO, D. P.; COUTINHO, R. Q.; SOUZA, F. Q. Análise da ruptura de um aterro rodoviário construído sobre solos moles na cidade de Goiana-PE, Brasil. Research, Society and Development, v. 11, n. 7, p., 2022.

SOUZA, F. Q. D. Estudo das propriedades geotécnicas e comportamentos dos aterros sobre solos moles da BR-101/Goiana-PE. Tese-UFPE, 2018.

SOUZA, G. L. A. D. Estudo da influência da duração do carregamento em projetos de aterros sobre solos moles destinados à construção de vias sujeitas ao tráfego de veículos especiais ultra-pesados, 2017.

STIRLING, R.A., TOLL, D.G., GLENDINNING, S., HELM, P.R., YILDIZ, A., HUGHES, P.N., ASQUITH, J. D. Weather-driven deterioration processes affecting the performance of embankment slopes. G´eotechnique 1–13, 2020.

TANG, C. S., WANG, D. Y., ZHU, C., ZHOU, Q. Y., XU, S. K., & SHI, B. Characterizing drying-induced clayey soil desiccation Csacking process using electrical resistivity method. Applied Clay Science, 152, 101-112, 2018.

TANG, C. S., ZHU, C., CHENG, Q., ZENG, H., XU, J. J., TIAN, B. G., & SHI, B. Desiccation Csacking of soils: A review of investigation approaches, underlying mechanisms, and influencing factors. Earth-Science Reviews, 216, 103586, 2021.

TANG, C.S., SHI, B., LIU, C., WANG, B.J. Factors affecting the surface Csacking in clay due to drying shrinkage. J. Hydraul. Eng. 38, 1186–1193, 2007.

TANG, C.S., WANG, D.Y., ZHU, C., ZHOU, Q.Y., XU, S.K., SHI, B. Characterizing drying-induced clayey soil desiccation Csacking process using electrical resistivity method. Appl. Clay Sci. 152, 101–112, 2018.

TEIXEIRA, C. D. C. Análise de estabilidade de aterro sobre solos moles: estudo de caso. TCC -UNESC, 2015.

TERZAGHI, K. Theoretical Soil Mechanics. Wiley, New York, 1943.

TSCHEBOTARIOFF, G. P. Foundations, Retaining and Earth Structures, 2nd ed., McGraw-Hill, New York, 1977.

WANG, C., ZHANG, Z. Y., LIU, Y., & FAN, S. M. Geometric and fractal analysis of dynamic Csacking patterns subjected to wetting-drying cycles. Soil and Tillage Research, 170, 1-13, 2017.

WEI, X., GAO, C.Y., LIU, K. Review of Csacking behavior and mechanism in clayey soils related to desiccation. Adv. Civ. Eng. 8880873, 2020.

WILKES, P. F. An Induced Failure at a Trial Embankment at King's Lynn, Norfolk, England. Proceedings ASCE Specialty Conference on Earth and Earth-Supported Structures, Purdue University, Vol. 1, June, pp. 29- 63, 1972.

ZENG, H., TANG, C. S., CHENG, Q., INYANG, H. I., RONG, D. Z., LIN, L., & SHI, B. Coupling effects of interfacial friction and layer thickness on soil desiccation Cracking behavior. Engineering Geology, 260, 105220, 2019.

ZHANG, J., ZHU, D., ZHANG, S.H. Shallow slope stability evolution during Rainwater infiltration considering soil Csacking state. Comput. Geotech. 117, 103285, 2020.

ZHANG, W., XIAO, R., SHI, B., ZHU, H. H., & SUN, Y. J. Forecasting slope deformation field using correlated grey model updated with time correction factor and background value optimization. Engineering geology, 260, 105215, 2019.

ZHU, L., FAN, D.J., MA, R., ZHANG, Y.G., ZHA, Y.Y. Experimental and numerical investigations of influence on overland flow and water infiltration by fracture networks in soil. Geofluids 2018, 7056858, 2018.

ZHU, L., SHEN, T., MA, R., FAN, D., ZHANG, Y., & ZHA, Y. Development of Csacks in soil: An improved physical model. Geoderma, 366, 114258, 2020.

ZIESMANN, N. Análise probabilística utilizando campos aleatórios aplicada à estabilidade de aterros sobre solos moles. Dissertação – UFSC, 2023.

Downloads

Publicado

2024-06-07

Como Citar

NORBERTO, A. de S.; OLIVEIRA JÚNIOR, A. I. de; BESERRA, L. B. de S.; GUIMARÃES, L. J. do N. Fissuras em aterros sobre solos moles: abordagens, mecanismo e influências. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 910–928, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i2.1033. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/1033. Acesso em: 13 jun. 2024.