Influência da educação nutricional no consumo de frutas e verduras de alunos do sertão pernambucano

Autores

  • Kelly Rayanne Gondim Silva IFSertãoPE
  • Maria Izabela Ribeiro da Silva IFSertãoPE
  • Thiciano Leão Miranda IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v6i3.111

Palavras-chave:

alimentação, escola, adolescência, educação, frutas, verduras

Resumo

Ações de educação alimentar e nutricional devem ser incentivadas na adolescência para criação de hábitos alimentares saudáveis que persistam na vida adulta. O objetivo desse estudo foi verificar a influência da educação nutricional no consumo de frutas, verduras e legumes (FVL) dos escolares e fatores associados. Foi realizada uma amostra aleatória simples (n1=71 e n2=56 participantes) e dois questionários (socioeconômico/consumo alimentar) aplicados aos alunos matriculados nos cursos técnicos da instituição. No interstício de aplicação as atividades de educação nutricional foram desenvolvidas através de palestras, apresentação de vídeos e folders. A maioria dos adolescentes tinha um consumo de FVL semanal (50,7%), sendo <3 porções/dia. O baixo consumo de FVL teve associação em ambos os sexos, consumo frutas/verduras (masculino r=0,81 e feminino r=0,58). Após intervenção 64,3% (n2=56) dos estudantes aumentou o consumo de FVL. Logo, a educação nutricional na adolescência é importante, pois promove hábitos alimentares saudáveis e contribui para mudanças no estilo de vida dos jovens. Sua inclusão ao currículo escolar com diferentes ações e contextualizações produzem melhores resultados.

Biografia do Autor

Kelly Rayanne Gondim Silva , IFSertãoPE

Setor de Saúde/Nutrição

Thiciano Leão Miranda , IFSertãoPE

Coordenação do Curso de Agropecuária

Referências

ACCIOLY, E. A escola como promotora da alimentação saudável. Ciência em tela, 2(2):1-8, 2009.ALVAREZ,T.S.; ZANELLA,M.T. Impacto de dois programas de educação nutricional sobre o risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso. Revista de Nutrição,22(1):71-79, 2009.

ARANEDA F, J.; RUIZ N., M.; VALLEJOS T,. V.; OLIVA M., P. Consumo de frutas y verduras por escolares adolescentes de la ciudad de Chillán. Chile. Revista chilena de nutrición, Santiago ,42(3): 248-253,sept.2015 . Disponível em: http://dx.doi.org/10.4067/S0717-75182015000300004. Acesso em23 Jan 2019.

BRASIL, Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília, MS/Secretaria de Atenção à Saúde, 2008.210p.Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2008.pdf. Acesso em 31 Ago 2016.

BRASIL, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Marco de referência de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas. Brasília, MDS; 2012.36p.

BRASIL. Ministério da Educação.ResoluçãoNº26 de 17 de junho de 2013.Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE. Disponível em:https://www.fnde.gov.br/acesso-a-informacao/institucional/legislacao/item/4620-resolu%C3%A7%C3%A3o-cd-fnde-n%C2%BA-26,-de-17-de-junho-de-2013. Acesso em 24Ago 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira.2.ed.Brasília, MS/Secretaria de Atenção à Saúde, 2014. 158p. Disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf. Acesso em 26 Ago 2016.

BUBOLZ, C. T. R.; ROMBALDI, A. J.; GONZALES, N. G.; AZEVEDO, M. R.; MADRUGA, S. W. Consumo alimentar conforme o tipo de alimentação consumida em escolas de zona rural no Sul do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva[online].v. 23, n. 8, 2018. [Acessado22 Janeiro 2019], pp. 2705-2712. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1413-81232018238.15902016>.

CARDOSO, S.; SANTOS, O.; NUNES, C.; LOUREIRO, I. Escolhas e hábitos alimentares em adolescentes: associação com padrões alimentares do agregado familiar. Revista Portuguesa de Saúde Pública, 33(2):128-136, 2015.

COUTINHO, N. M. P.;VALÕES,E.M.;LACERDA,N.C.; MENEZES,D.N. Avaliação nutricional e consumo de alimentos entre adolescentes de risco. Revista RENE,8(3):9-16, 2007.

CREMA, A. M.; BISPO, A.; ENOMOTO, C.; BRITO, S.; AMARO, S.; OLLER, T.;RODRIGUES, M. A. Educação nutricional e avaliação da aceitação de preparações culinárias contendo frutas e legumes por atletas adolescentes. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, 11(61): 24-31, 2017.

CRUZ, C.O.; SANTOS J.M.; CARDOZO, T.S.F. Aplicação do Programa de Educação Nutricional: Sexta é Dia de Fruta? É SIM SENHOR! Revista Rede de Cuidados em Saúde, 9(3):1-12, 2015.

CUNHA, D.B.; SOUZA, B.S.N.; PEREIRA, R.A.; SICHIERI, R. Effectiveness of a Randomized School-Based Intervention Involving Families and Teachers to Prevent Excessive Weight Gain among Adolescents in Brazil. Plos One, 8(2):1-8, 2013.

DEFANTE, L.R.; NASCIMENTO, L.D.O.; LIMA-FILHO, D.O. Comportamento de consumo de alimentos de famílias de baixa renda de pequenas cidades brasileiras: o caso de Mato Grosso do Sul. Interações(Campo Grande), 16(2):265-276, 2015.

FERREIRA A.; CHIARA V.L.; KUSCHNIR, M.C.C. Alimentação saudável na adolescência: consumo de frutas e hortaliças entre adolescentes brasileiros. Adolescência e Saúde, 4(2):48-52,2007.

FIGUEIRA, R.; Lopes; A. C. S.; Modena, C. M. Barreiras e fatores promotores do consumo de frutas e hortaliças entre usuários do Programa Academia da Saúde. Revista de Nutrição, 29(1):85-95. 2016.

FREITAS,C.G.;SANTOS,R.S.;CARREIRO,D.L.;COUTINHO,L.T.M.;MARTINS,A.M.E.B.L.; COUTINHO,W.L.M. Fatores associados à percepção de hábitos saudáveis entre adolescentes. Revista Adolescência e Saúde, 11(4):23-35, 2014.

FREITAS, M.C.S.; MINAYO, M.C.S.; FONTES, G.A.V. Sobre o campo da Alimentação e Nutrição na perspectiva das teorias compreensivas. Ciência & Saúde Coletiva, 16(1):31-38, 2011.

GIACOMIN, K.T.; ALMEIDA, M.E.F. Análise do consumo alimentar de adolescentes. Nutrição Brasil. p.280-289. 2009.

GUEDES D.P.; GRONDIN, L.M.V. Percepção de Hábitos Saudáveis por Adolescentes: Associação com indicadores alimentares, prática de atividade física e controle do peso corporal. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 2:23-45, 2002.

KIMURA, AYA H. Food education as food literacy: privatized and gendered food knowledge in contemporary Japan. Agriculture and Human Values, 28(4): 465-482, 2011.

KRAL, T.V.E. &RAUH, E.M. Eating behaviors of children in the context of their family environment. Physiology & behavior, 100(5):567-573, 2010.

LEVY, R.B.; CASTRO, I.R.R.D.; CARDOSO, L.D.O.; TAVARES, L.F.; SARDINHA, L.M.V.;GOMES,F.D.S.; COSTA, A.W.N.D. Consumo e comportamento alimentar entre adolescentes brasileiros: Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE).Ciência & Saúde Coletiva,15(2):3085-3097, 2010.

MARIZ,L.S.;VIEIRA,C.N.K.;MEDEIROS,C.C.M. &FRANÇA,I.S.X. Características sociais e nutricionais de crianças e adolescentes com excesso de peso: estudo de corte. Revista de enfermagem UFPE on line-ISSN: 1981-8963, 6(10):2342-2349, 2012.

MENDES, K.L.;CATÃO, L.P. Avaliação do consumo de frutas, legumes e verduras por adolescentes de Formiga–MG e sua relação com fatores socioeconômicos. Alimentos e Nutrição Araraquara, 21(2):291-296, 2010.

MUNIZ, L.C.;ZANINI, R.V.;SCHNEIDER, B.;TASSITANO, R.M.;FEITOSA, W.M.N. & GONZÁLEZ-CHICA, D. A. Prevalência e fatores associados ao consumo de frutas, legumes e verduras entre adolescentes de escolas públicas de Caruaru, PE. Ciência & Saúde Coletiva, 18(2):393-404, 2013.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE (OPAS).Doenças crônico degenerativas e obesidade: Estratégia mundial sobre alimentação saudável, atividade física e saúde. Brasília: OPAS; 2003.

PACHECO, S.S.M. O hábito alimentar enquanto um comportamento culturalmente produzido. In: FREITAS,M.C.S., FONTES,G.A.V.; OLIVEIRAN. Escritas e narrativas sobre alimentação e cultura. Salvador: EDUFBA, 2008.p.217-238.

PEREIRA, T.S.; PEREIRA, R.C.; ANGELIS-PEREIRA, M.C. Influência de intervenções educativas no conhecimento sobre alimentação e nutrição de adolescentes de uma escola pública. Ciência & Saúde Coletiva, 22: 427-435, 2017.

PRADO, B.G.; FORTES, E.N.S.; LOPES, M.A.L.; GUIMARÃES, L.V. Ações de educação alimentar e nutricional para escolares: um relato de experiência. Demetra: alimentação, nutrição & saúde, 11(2):369-382, 2016.

RONTO, R.; BALL, L.; PENDERGAST, D.; HARRIS, N. Adolescents' perspectives on food literacy and its impact on their dietary behaviours. Appetite, 107: 549-557, 2016.

ROTENBERG,S.; VARGAS,S. Práticas alimentares e o cuidado da saúde: da alimentação da criança à alimentação da família. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil,4(1):85-94, 2004.

ROTHES, I.A.; CUNHA, S. Dimensão simbólica e afetiva da alimentação. Escolha alimentar: uma experiência multidimensional. A redução das assimetrias sociais no acesso à alimentação e à saúde: Políticas e práticas, v. 418793: 42-50, 2016.

SANTANA,J.T.;FURTADO,M.B.; PINHO,L. Promoção do consumo de frutas e verduras em adolescentes: relato de experiência. Revista de enfermagem UFPE on line-ISSN: 1981-8963,8(1):213-219, 2014.

SANTOS, A.M.; ALVES, T.S. Revisão Sistemática sobre Educação Alimentar e Nutricional: Sujeitos, Saberes e Práticas em Diferentes Cenários. Revista Saúde. Com,11(4):425-442, 2015.

SANTOS, L.A.S. Educação alimentar e nutricional no contexto da promoção de práticas alimentares saudáveis. Revista de Nutrição,18(5):681-692, 2005.

SILVA, J.G.; TEIXEIRA, M.L.O.; FERREIRA, M.A. Alimentação na adolescência e as relações com a saúde do adolescente. Texto & Contexto Enfermagem, 23(4):1095-1103, 2014.

SILVA, D.A.S.; SANTOS SILVA, R.J. Associação entre prática de atividade física com consumo de frutas, verduras e legumes em adolescentes do Nordeste do Brasil. Revista Paulista de Pediatria, 33(2):167-173, 2015.

TORAL, N.;SLATER, B. Abordagem do modelo transteórico no comportamento alimentar. Ciência & Saúde Coletiva, 12(6):1641-1650, 2007.

VAZ, DIANA SOUZA SANTOS; BENNEMANN, ROSE MARI. Comportamento alimentar e hábito alimentar: uma revisão. Revista UNINGÁ Review, 20(1), 2018.

VEREECKEN, C., PEDERSEN, T. P., OJALA, K., KRØLNER, R., DZIELSKA, A., AHLUWALIA, N et al. Fruit and vegetable consumption trends among adolescents from 2002 to 2010 in 33 countries. The European Journal of Public Health, 25(2):16-19, 2015.Disponível em:https://doi.org/10.1093/eurpub/ckv012

VIEIRA, M.V.;DEL CIAMPO, I.R.L.;DEL CIAMPO, L.A. Food consumption among healthy and overweight adolescents. Revista brasileira de crescimento desenvolvimento humano, 24(2):157-162, 2014.

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

SILVA , K. R. G.; SILVA , M. I. R. da .; MIRANDA , T. L. . Influência da educação nutricional no consumo de frutas e verduras de alunos do sertão pernambucano. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 6, n. 3, p. 183–194, 2018. DOI: 10.31416/rsdv.v6i3.111. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/111. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Ciências da Saúde - Artigos