O sentido do filosofar em sala de aula: experiência das aulas de Filosofia ministradas em uma turma de 1º ano do ensino médio da EREM Fernando Bezerra

Autores

  • João Paulo Bastos da Silva Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v8i2.57

Palavras-chave:

Filosofia, Filósofo, Filosofar, Professor, Sala de aula

Resumo

Abordamos no presente artigo o projeto de intervenção das aulas de Filosofia realizadas em uma turma do 1º ano do ensino médio na EREM Fernando Bezerra. A metodologia utilizada nesta intervenção, tem como ponto de partida a caracterização e fundamentação dos quatro passos didáticos; Sensibilização, Problematização, Investigação e Conceituação, que foram o marco inicial na qual abordamos o sentido do filosofar em sala de aula em direção a construção e produção das experiências dos alunos com o conhecimento filosófico. Sobre o sentido do filosofar, estabelecemos uma relação entre filosofia e o filosofar, à luz da reflexão e abordagem dos filósofos contemporâneos: Comte-Sponville, Alejandro Cerletti, Alain Badiou e Jacques Derrida. Através desta abordagem, os alunos adentrarem na experiência do filosofar, onde os mesmos, foram convidados a refletirem e vivenciarem a experiência do filosofar como produção de sentido, através do vasto universo de conhecimento de cada aluno e as suas visões de mundo. O objetivo consistiu em conduzir o aluno para exercitar o seu senso crítico e desenvolver sua própria autonomia na aventura do pensamento filosófico. O professor de filosofia tem uma missão importante, conduzir o aluno em uma filosofia sem fronteiras em direção ao filosofar, estimulando o mesmo, a exercitar a reflexão filosófica e a abertura dos diferentes pontos de vista.

Referências

BADIOU, Alain. A situação da filosofia no mundo contemporâneo. In. Para uma nova teoria do sujeito: conferências brasileiras. Rio de Janeiro: Relummé-Dumará, 1994.

BADIOU, Alain. La filosofía como repetición creativa. Acontecimiento, v. 17, n. 33-34.p. 123-131, 2007.

BADIOU, Alain. A aventura da filosofia francesa no século XX. Belo Horizonte: Autêntica. 2015.

CERLETTI, Alejandro. O ensino de filosofia como problema filosófico. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

CERLETTI, Alejandro; KOHAN, Walter O. La filosofía en la escuela: Caminos para pensar su sentido. Buenos Aires: Universid de Buenos Aires, 1996.

COMTE-SPONVILLE, André. Apresentação da Filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

COMTE-SPONVILLE. Dicionário Filosófico. São Paulo: Martins Fontes,2003.

DERRIDA, J. Le droit à la philosophie du point de vue cosmopolitique. Vêndôme: Unesco-Verdier, 1997.

GALLO, Sílvio. Metodologia do ensino de filosofia: uma didática para o ensino médio. Campinas: Papirus, 2012.

LARROSA, Jorge. Esperando não se sabe o quê: Sobre o ofício de professor. Belo Horizonte: Autêntica, 2018.

LARROSA, Jorge; RECHIA, Karen. P de professor. São Carlos: Pedro e João, 2018.

RANCIÈRE, Jacques. O mestre ignorante: Cinco lições sobre a emancipação intelectual. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

Downloads

Publicado

2020-05-01

Como Citar

SILVA, J. P. B. da . O sentido do filosofar em sala de aula: experiência das aulas de Filosofia ministradas em uma turma de 1º ano do ensino médio da EREM Fernando Bezerra. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 242–254, 2020. DOI: 10.31416/rsdv.v8i2.57. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/57. Acesso em: 9 ago. 2022.