A era da pós-verdade: desmistificando a teoria da terra plana nas escolas públicas do Piemonte norte do Itapicuru/BA

desmistificando a teoria da terra plana nas escolas públicas do piemonte norte do itapicuru/Ba

Autores

  • Damon Ferreira Farias Colégio Estadual Professora Hilda Monteiro Menezes
  • Marcos Antônio P. Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Carlos Wagner C. Araújo Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Maria Erisfagna Ribeiro de Macedo

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i1.524

Palavras-chave:

desinformação; divulgação científica; Ensino de ciências; Itapicuru; SBPC

Resumo

Com o advento da internet e das redes sociais e o consequente enfraquecimento da mídia convencional, movimentos e grupos que visam espalhar desinformação.  Negar a ciência tem adquirido cada vez mais visibilidade, força e alcance em nossa sociedade. Este trabalho teve como objetivo educar a população sobre como funciona o método científico e desmistificar a teoria da Terra plana. A pesquisa é do tipo exploratória e descritiva, assumindo uma abordagem qualitativa no tratamento dos dados coletados. O presente artigo analisa as visões dos estudantes do ensino médio sobre um conjunto de oficinas sobre fake news e o negacionismo da ciência expondo os resultados obtidos e discutindo suas contribuições para a alfabetização científica. Evidenciou-se que as oficinas promoveram ações para a formação de cidadãos críticos. Além disso, as oficinas despertaram a curiosidade e a criatividade das crianças, adolescentes e jovens. Por fim, observou-se a satisfação dos alunos em poderem experienciar a construção e divulgação do seu conhecimento.

Referências

ALLCHIN, D. What counts as science. American Biology Teacher, v. 74, p. 291-294, 2012b. Disponível em: https://online.ucpress.edu/abt/article/74/4/291/18429/What-Counts-as-Science. Acesso em: 10 mar. 2022.

ALLCOTT, H.; GENTZKOW, M. Social media and fake news in the 2016 election. Journal of Economic Perspectives, 2017, V.31, n.2, p.211-36.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC. Versão entregue ao CNE em 03 de abril de 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec. gov.br/wp-content/uploads/2018/04/BNCC_EnsinoMedio_embaixa_site.pdf. Acesso em: 10 set. 2022.

CARVALHO, Anna Maria Pessoa de. Introduzindo os alunos no universo das ciências. 2005, Anais. Granada: Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2005. Disponível em: https://ddd.uab.cat/pub/edlc/edlc_a2005nEXTRA/edlc_a2005nEXTRAp529intalu.pdf. Acesso em: 02 out. 2022.

CUNHA, C. da. Educação científica e desenvolvimento: o que pensam os cientistas. Brasília: UNESCO, Instituto Sangari, 2005. CUNHA, M. B. A percepção de ciência e tecnologia dos estudantes de ensino médio e a divulgação científica. 2009. 363 f. Tese (Doutorado). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

DELMAZO, C.; VALENTE, J. C. L. Fake news nas redes sociais online: propagação e reações à desinformação em busca de cliques. Media & Jornalismo, v. 18, n. 32, 2018 p. 155-169.

DELUMEAU, Jean. A realidade do mito, São Paulo, domingo, 15 de agosto de 2004. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/mais/fs1508200408.htm. Acesso em: 16 set. 2022.

Geração Z é mais vulnerável à fake news. https://neomondo.org.br/2018/07/12/geracao-z-e-mais-vulneravel-a-fake-news/. Acesso em: 16 fev. 2023.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6 ed. São Paulo: Editora Atlas, 2002.

Habowski, A. C., Conte, E., & Milbradt, C. (2020). A pós-verdade é verdadeira ou falsa? ETD. Educação Temática Digital, 22(2).

HÖTTECKE, D.; ALLCHIN, D. Reconceptualizing nature?of?science education in the age of social media. Science Education, v. 104, p. 641–666, 2020. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/sce.21575. Acesso em: 16 set. 2022.

OLIVEIRA, Sara Mendonça Poubel. Disseminação da informação na era das fake news. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, v. 1, n. 2, 2018.

Organizacio?n Panamericana de la Salud, 2020. Disponível em: https://iris.paho.org/handle/10665.2/52054. Acesso em: 20 jan. 2023.

PARK, Namje; KO, Yeonghae. Computer education’s teaching-learning methods using educational programming language based on STEAM education. In: international conference on network and parallel computing (IFIP). 9., 2012, Gwangju, Korea, September 6-8, 2012. Proceedings [...] Springer, Berlin, Heidelberg, 2012. p. 320-327.

SANTAELLA, Lucia. A Pós-Verdade é verdadeira ou falsa?. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores, 2018. 98 p., 13 cm x 18 cm. ISBN 978-85-68552-80-3.

SANTOS, Maria Celça Ferreira; MIRANDA, Cícero Anastácio Araújo. Proposta de formação de leitores críticos para o combate às fake news. Revista Eletrônica do GEPPELE. Ano VI, nº 08, 2020.

SARAIVA, L. J. C.; FARIA, J. F. A Ciência e a Mídia: A propagação de Fake News e sua relação com o movimento anti-vacina no Brasil. In: 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Belém, 2019.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Alfabetização científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências, v. 16, n. 1, p. 59–77, 2011. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/246/172. Acesso em: 16 set. 2022.

Terraplanista morre em lançamento de foguete caseiro nos EUA. https://www.terra.com.br/byte/ciencia/terraplanista-morre-em-lancamento-de-foguete-caseiro-nos-eua,ffc01905b9b2c7099b9d6688c20ccc46s58sd89q.html. Acesso em: 16 fev. 2023.

VIGOTSKI, L. S. Pensamento e linguagem. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

Downloads

Publicado

2024-03-01

Como Citar

FARIAS, D. F.; RIBEIRO, M. A. P.; ARAÚJO, C. W. C.; MACEDO, M. E. R. de. A era da pós-verdade: desmistificando a teoria da terra plana nas escolas públicas do Piemonte norte do Itapicuru/BA: desmistificando a teoria da terra plana nas escolas públicas do piemonte norte do itapicuru/Ba. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 421–435, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i1.524. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/524. Acesso em: 15 abr. 2024.