REVISÃO SISTEMÁTICA EM REVISTAS DA PLATAFORMA CAPES SOBRE LETRAMENTO(S) EM LÍNGUA ESPANHOLA NA REDE TÉCNICA E PROFISSIONALIZANTE

Autores

  • Kélvya Freitas Abreu IFSertãoPE
  • Jiovana Katarina Carvalho de Oliveira IFSertãoPE
  • Francisco Kelsen de Oliveira IFSertãoPE http://orcid.org/0000-0002-7382-3206

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v5i3.127

Palavras-chave:

Multiletramentos, Espanhol como Língua Estrangeira, Ensino Técnico Tecnológico

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar um mapeamento sistemático de revistas publicadas no período de 2008 a 2014, coletadas através da Plataforma Sucupira – Capes, a fim de analisar se o conceito de Letramento entrelaçado ao ensino de Espanhol como Língua Estrangeira (ELE) está sendo abordado em trabalhos científicos no contexto do ensino técnico tecnológico do país, ou seja, na rede técnica profissionalizante, em especial da rede pública. Assim sendo, para tal análise, fez-se uma Revisão Sistemática da Literatura (RSL), em que tais revistas foram analisadas através de termos-chaves utilizados especificamente para a busca de trabalhos que englobam tal temática. Logo, obteve-se um resultado percentual sobre a quantidade de trabalhos envolvidos na perspectiva do Letramento e do ELE, propiciando discussões sobre as possíveis lacunas expressas nesse contexto educacional. Por fim, o presente trabalho pautou o estudo sob o conceito da pedagogia dos letramentos na perspectiva teórica proposta por Soares (2005), Cassany (2006), Rojo (2009) e Street, (2010), de igual forma, trabalhou com a perspectiva do Espanhol como Língua Estrangeira apresentada por Baptista (2010), como também abordou o desenvolvimento da RSL por Oliveira e Gomes (2015) e o panorama do ensino técnico pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica (2013).

Biografia do Autor

Kélvya Freitas Abreu , IFSertãoPE

Doutoranda em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mestre em Linguística e licenciada em Letras (Português - Espanhol) pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora de espanhol do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano. Atua na área de Estudos do Discurso e do Texto, Texto e Construção de Sentidos, Linguística Aplicada com ênfase ao ensino e aprendizagem do espanhol como Língua Estrangeira na perspectiva dos múltiplos letramentos. É líder do grupo de pesquisa GEPET - Campus Salgueiro.

Jiovana Katarina Carvalho de Oliveira , IFSertãoPE

Discente do curso Ensino Médio Integrado em Edificações no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Sertão Pernambucano - Campus Salgueiro. Foi bolsista do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIBIC-Jr) e integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Práticas Educacionais Tecnológicas (GEPET).

Referências

ABREU, K.F. Concepções de leitura e de texto subjacentes às provas de vestibular:constatações e implicações para o ensino da língua espanhola. Dissertação (Mestrado em Linguística). Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2011.

ABREU, K.F; IRINEU, L.M. Pedagogia dos multiletramentos e ensino de espanhol como língua estrangeira: um estudo de caso no ensino médio técnico integrado Sertão Pernambucano. In: GOMES, A.T.; PONTES, V.O. Espanhol 1966no Brasil: perspectivas teóricas e metodológicas. 2015.

ABREU, K.F.; IRINEU, L.M.; BAPTISTA, L.M.T.R. Letramento (s) e multiletramentos (s): conceitos, práticas e reflexões no ensino de língua portuguesa. In: Anais do VII Colóquio Nacional de Professores de Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e de Literatura, 2010. UERN, Pau dos Ferros, 2010.

ABREU, K. F; MORAIS, H. T. F; SILVA, M. R. V. Eventos de letramento (s) em português e em espanhol: a abordagem crítica na área de edificações. In: Anais do I Colóquio de Análise do Discurso(CNAD), 2014, Pau dos Ferros: UERN: 2014.

ALMEIDA FILHO, J. C. P. Aprendizagem e Ensino de Línguas em Contextos Tecnológicos. REVERTE: Revista de Estudos e Reflexões Tecnológicas da FATEC, Indaiatuba, v. 6, p.220-230, 2008.

BAPTISTA, L. M. T. R.. Traçando caminhos:letramento, letramento crítico e ensino de espanhol. In: BARROS, C.S.;COSTA, E.G.M.C.(Org.). Explorando oensino. Espanhol: ensino médio. Brasilia: Secretaria da Educação Básica, MEC, 2010, v. 16, p. 119-.

BRASIL. Dispõe sobre o ensino da língua espanhola. Lei nº 11.161, de 05 de agosto de 2005. Disponível em www.planalto.gov.br/ccivil.../Lei/L11161.htm. Acesso em: 06abr. 2015.

______. Ministério da Educação. Lei de diretrizes ebases. Brasília, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/civil_03/Leis/L9394.htm.Acesso em: 06abr. 2015.

______. Ministério da Educação. Orientações Curriculares Nacionais parao Ensino Médio. Linguagens, códigos e suas tecnologias. Conhecimentos de Espanhol. Secretaria da Educação Básica. Brasília: Mistério da Educação, 2006.

______. Concepções e diretrizes dos Institutos Federais. Brasília, Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, 2008. Disponível em: http://portal.ifrn.edu.br/insttucional/normas-e-leis/concepção-e-diretrizes-dosinstitutos.pdf. Acesso em:25jan. 2015.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral.2013.

______. Resolução nº6de 20 de setembro de 2012. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica.

CASSANY, D. Tras las líneas. Sobre la lectura contemporánea. Barcelona: Editorial Anagrama, 2006.

GOETTENAUER, E. Espanhol: língua de encontros. In: SEDYCIAS, J. (org.). O ensino do espanhol no Brasil: passado, presente, future. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

KITCHENHAM, B. A.; CHARTERS, S. Guidelines for performing Systematic Literature Reviews in Software Engineering. Technical ReportEBSE-2007-01, 2007. Disponívelem: http://goo.gl/v6jvAZ. Acesso em: 24fev.2015.

MARSHALL, C.; BRERETON, P. Tools to Support Systematic Literature Reviews in Software Engineering: A Mapping Study. In:Empirical Software Engineering and Measurement, 2013 ACM/IEEE International Symposium on (pp. 296-299).

MORAIS, H.T.F; BENVENUTO, E.V.; ABREU, K.F.; BARRETO, L.S.V. Práticas de letramento na construção civil–Experiências do Projeto PIBEX Campus Salgueiro.In:OLIVEIRA, F.K.; ABREU, K.F(Org.). Métodos e pesquisas em educação. Kiron, Brasília. 2016.

OLIVEIRA, F. K.; GOMES, A. S. Revisão sistemática da literatura. In: OLIVEIRA, F. K.; ABREU, K. F. (Org.). Experiências de Pesquisa em Educação e Tecnologia. Volume 2. Recife: Editora Pipa, 2016.

OLIVEIRA, F. K.; GOMES, A. S. Uma revisão sistemática da literatura sobre ferramentas de autoria de IMS-LD. In: Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. 2015. p. 376. Disponível em: http://br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/5190 Acesso em: 26 jan.2016.

OLIVEIRA, J. K. C.; CORREIA, A.A.B.A; SOARES, L. A. F.; ABREU, K. F.. PRÁTICAS DE LETRAMENTO(S): vivenciando espaços de formação cidadã. In:

IV Seminário Nacional do Ensino Médio, 2016, Mossoró. Anais do IV Senacem. Mossoró: UERN, 2016. v. 19. p. 3678-3689

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. 2.ed. 10 reimpr. –Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

ROJO, R. Letramentos múltiplos: escola e inclusão social. São Paulo: Parábola, 2009.

ROJO, R. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.

SILVA, M. R. V.; ABREU, K. F.. Letramento(s) crítico (s): analisando as práticas letradas em língua espanhola de discentes técnicos em edificações. Revista Semiárido De Visu, v. 4, p. 41-49, 2016.

SOUZA, A.S. O Ensino de Língua Espanhola no Instituto Federal de Brasília: o dito, o feito e o pretendido. Dissertação de Metrado. Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada. Universidade de Brasília, 2013.

STREET, B. Os novos estudos sobre o letramento: histórico e perspectivas. In: MARINHO, M.; CARVALHO,G.T. (Orgs.) Cultura escrita e letramento. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

Downloads

Publicado

2017-12-31

Como Citar

ABREU , K. F. .; OLIVEIRA , J. K. C. de; OLIVEIRA , F. K. de . REVISÃO SISTEMÁTICA EM REVISTAS DA PLATAFORMA CAPES SOBRE LETRAMENTO(S) EM LÍNGUA ESPANHOLA NA REDE TÉCNICA E PROFISSIONALIZANTE. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 192–203, 2017. DOI: 10.31416/rsdv.v5i3.127. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/127. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Lingüística, Letras e Artes - Artigos