Importância do uso das tecnologias de comunicação e informação no ensino da Biologia

Autores

  • Tércia Oliveira Castro Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF
  • Kellison Lima Cavalcante IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v7i1.106

Palavras-chave:

Ensino, Recursos Digitais, Prática Docente

Resumo

Diante dos avanços nas tecnologias de comunicação e informação e consequentemente ocasionando transformações no comportamento da sociedade atual, inseriu-se na atividade da docência, o uso de tecnologias de TIC em sala de aula, implementando no planejamento escolar uma nova forma de promoção do conhecimento e metodologias de exposição dos conteúdos pelo educador. Estar apto e aberto a utilizar tais tecnologias possibilita que o professor desempenhe competências didáticas que favorecem o processo de aprendizagem e transmissão do conhecimento, superando as dificuldades encontradas no ambiente escolar. Diante disso, o objetivo geral da pesquisa busca avaliar a percepção sobre a importância do uso de tecnologias da comunicação e informação para o ensino da Biologia dos estudantes do curso de especialização em docência em Biologia da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF, polo de Brumado, Bahia. Observando assim, que o uso das TICS no processo de ensino e aprendizagem permite o desenvolvimento de novas atividades, competências e comportamentos visando à melhoria do processo pedagógico.

Referências

ALMEIDA, M. E. B. Novas tecnologias e formação de professores reflexivos. Revista Nova Escola. 2003.

ANDREIA M.; MULLER L.; RECH A. P. de A. O cenário educacional: o professor e a tecnologia da informação e comunicação diante das mudanças atuais. REGET, v. 18, n. 1, abr., p. 531-544, 2014.

BATISTA, A. S.; CODO, W. Crise de identidade e sofrimento. In: ELBOW, Wanderley (coord.). Educação: carinho e trabalho. 3. De. Brasília: Ed. da UnB, 2005a.

COSTA, F. A.; RODRIGUEZ, C.; CRUZ, E.; FRADÃO, S. Repensar as TIC na educação: o professor como agente transformador. Educação, Formação e Tecnologia. Lisboa, Santillana, 2012.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa Social. 6. ed., São Paulo, Atlas, 2008.

JÚNIOR, E. R. Os desafios da educação frente às novas tecnologias. Seminário Internacional de Educação Superior. Formação e Conhecimento. Universidade de Sorocaba – Uniso, 2014.

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Editora Papirus, 2003.

KENSKI, V. M.. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Editora Papirus. 2012.

KENSKI, V. M. Aprendizagem mediada pela tecnologia. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 4, n.10, p.47-56, set./dez. 2003.

KOCH, M. Z. As tecnologias no cotidiano escolar: uma ferramenta facilitadora no processo ensino-aprendizagem. Universidade Federal de Santa Maria, Sarandi, Rio Grande do Sul, 2013.

LIBÂNEO, J. C., Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 5 ed., São Paulo: Cortez, 2009.

MARCOLLA, V. A apropriação das tecnologias de informação e comunicação. IX ANPED Sul, Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul, 2002.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos da metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MOORE, M; KEARSLEY, G. Educação a distância: sistemas de aprendizagem online. 3. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

MORAN, J. M.; MASETTO, M.; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 6 ed., Campinas: Papirus, 2000. OLIVEIRA, M. de F. A. de. O uso das tecnologias da informação e da comunicação no ensino aprendizagem de Biologia. 2008. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/ pde/arquivos/2440-8.pdf>. Acesso em: 05 de dez. 2018.

OLIVEIRA, C. de. TIC‟s na Educação: A utilização das tecnologias da informação e comunicação na aprendizagem do aluno. Pedagogia em Ação, v. 7, n. 1, Dez. 2015. ISSN 2175-7003.

OROZCO, G. G.; MOURA, S. P.; SOUSA, E. R. de. Comunicação, educação e novas tecnologias: tríade do século XXI. In: Revista Comunicação & Educação, São Paulo, n. 23, p. 57-70, jan./abr. 2002.

PEREIRA, B. T; FREITAS, M. do C. D. O uso das tecnologias da informação e comunicação na prática pedagógica da escola. 2000. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1381-8.pdf>. Acesso em: 30 de març. de 2019.

PORTO, T. M. E (Org.). Redes em construção: meios de comunicação e práticas Educativas. São Paulo: JM, 2003.

RIBAS, C. C. C.; FONSECA, R. C. V. da. Manual da metodologia. OPET. Curitiba, 2008.

RODRIGUES, N. C. Tecnologias de informação e comunicação na educação: um desafio na prática docente. Fórum Linguístico, Florianópolis, v. 6, n. 1, p. 1-22, jan./jun., 2009.

SANCHO, J. M. (org.). Para uma tecnologia educacional. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2001.

SILVA, R. F. do; CORREA, E. S. Novas tecnologias e educação: a evolução do processo de ensino e aprendizagem na sociedade contemporânea. Educação & Linguagem, n. 1, jun., p. 23‐35, 2014.

SILVA, F. M. da. Aspectos relevantes das novas tecnologias aplicadas à educação e os desafios impostos para a atuação dos docentes. Akrópolis, Umuarama, v.11, n.2, abr./jun., 2003.

TAJRA, S. F. Informática na educação: novas ferramentas pedagógicas na atualidade. 9 ed. São Paulo: Érica, 2012.

VIEIRA, F.; RESTIVO, M. T. Novas tecnologias e educação: ensinar a aprender/ aprender a ensinar. Porto: Biblioteca Digital da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2014.

Downloads

Publicado

2019-04-30

Como Citar

CASTRO , T. O.; CAVALCANTE, K. L. Importância do uso das tecnologias de comunicação e informação no ensino da Biologia. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 88–97, 2019. DOI: 10.31416/rsdv.v7i1.106. Disponível em: https://semiaridodevisu.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/106. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Ciências Biológicas - Artigos